Arquivo para março \29\UTC 2010

Fui dar um role em Madureira.

Amigos, nessa última sexta feira eu vivi uma aventura de vida ou morte. Se eu estou aqui hoje é por que em algum lugar da máquina de lavar há uma cueca muito suja.

Estudei durante 3 anos numa escola chamada Pio XII, na Vila de Penha. Na sexta série, eu me mudei pra escola ironicamente chamada Pio XI, e permaneço lá desde então. Na sexta feira, haveria uma festa para alunos e ex-alunos do Pio XII e eu fui convidado. Uma chance de rever aquele pessoal era imperdível, então dei um jeito e convenci minha mãe a deixar.

Na sexta feira, saí do CCAA 17:30, passei em casa rapidamente pra pegar dinheiro e já meti pé em direção à Vila da Penha. Minha casa fica a aproximadamente 40 minutos de lá. Minha mãe mandou eu pegar o 918 – ela jura de pé junto que mandou eu pegar o 919, e ela está certa, afinal, os pais são perfeitos e seus filhos completos idiotas.

Continue lendo ‘Fui dar um role em Madureira.’

Anúncios

Grande dor.

Caros compatriotas internérdicos, como vão vós missês nesses tempos difícies de brigas por royalites e preparação para 2012? Eu vou mal, quase caindo no chão e engolindo terra até ela entalar na minha faringe e me matar asfixiado. E sim, eu estou exagerando, mas a coisa realmente tá complicada.

Sexta feira acabaram meus testes na escola, e eles foram desoladores. Desoladores? Ou será que foram desolantes?

Meu desodorante acabou ontem.

Continue lendo ‘Grande dor.’

Ponderações Big Brodísticas.

Às vezes, pequenos atos significam grandes coisas. Um pequeno chute no saco, pode significar uma grande dor. Um pequeno avião muçulmano pode significar uma grande explosão. Um pequeno voto de eliminação no Big Brother, pode significar que você é um viadinho enrustido com sérios problemas com sua vida social e afetiva.

O Big Brother já passou da metade – ou não, sei lá – do seu tempo de duração, e está na hora de um estreante na audiência fazer suas ponderações a respeito do tal reality.

Continue lendo ‘Ponderações Big Brodísticas.’

Teoria das cuecas.

Eu já disse diversas vezes que os filósofos revolucionários do século XXI serão provenientes do tuenter e de seus pitacos de 140 caracteres. No entanto, os grandes teóricos – não os físicos, esses são chatos – formularão suas teorias em um lugar que permite mais que 140 caracteres – blogs. Junto com os Filósofos do Twitter, os Teóricos Blogueiros dominarão a indústria e eu serei um dos inventores da sociedade econômica do século XXI.

Atendendo a pedidos, autografo sutiãs.

Tendo isso em mente, lhes apresento a minha nova teoria revolucionária, que deixará a teoria da relatividade e a teoria da conspiração no chinelo. E tenho dito.

Essa teoria tem embazamento científico comprovado e experimentado por mim. Veja que teórico dedicado ao trabalho eu sou.

Ela se cria a partir de um questionamento que eu fiz comigo mesmo depois de refletir durante pouco mais de 5 segundos – e se o nosso dia fosse definido de acordo com a largura da nossa cueca?

Continue lendo ‘Teoria das cuecas.’

Eu sempre fui contra todos os feriados em que eu não fique em casa. Comemorar o feito de alguém estudando não é uma comemoração bem aceita de onde eu venho. Não que eu não goste das mulheres. Eu gosto, e muito. Gosto até mais das mulheres que de homens – me arrisco a dizer que eu não gosto de homens, e se todos fossem dizimados por uma bomba atômica não me fariam falta.

Eu sou um homem, e eu admito – homens são completos idiotas. Sério. Se eu fosse uma mulher, eu seria lésbica. Por que as mulheres são lindas, e eu não me refiro somente ao que elas tem por baixo da roupa íntima.

E eu também não me refiro à Geisy Arruda, que fique bem claro.

Continue lendo ”

in Wonderland.

Daqui a dois dias, lá nas distantes e obscuras terras Estadounideneses, lança o mais novo filme de Tim Burton, Alice in Wonderland. Acontece que minhas expectativas para um filme da Alice sempre foram excedentes, por esse ser um dos meus contos infantis favoritos. Eu preciso esclarecer os motivos da minha pulga atrás da orelha, e serão vocês os sacrificados que terão de entender, já que a Márcia não quis me receber no programa dela.

Mocréia.

Continue lendo ‘in Wonderland.’


Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 656,533 visitas