Arquivo para maio \31\UTC 2010

NEGÓÇO TÁ BOLADO, JÃO!

Minha vida inteira eu fui um idiota que dizia que “estava sem tempo”, sendo que, na verdade, eu estava era com preguiça de postar no blog. Eu estudava até as 18:00 e ficava até as 22:00 coçando o saco e cheirando-o em seguida, para calcular uma média de tempo em que eu deveria tomar o próximo banho.

No entanto, agora cá estou, de fato, sem tempo. Acordo 6:40 atrasado pra escola. JÁ ACORDO NA CORRERIA. Essa semana foi de testes, tava tendo uma média de 3 a 4 testes POR DIA. Eu só conseguia estudar dois e tinha que fazer o terceiro na raça.

E a raça nunca é boa, cê sabe.

Mas, por incrível que pareça, eu tava conseguindo manter as pontas. Até chegar a mensagem fatídico.

Continue lendo ‘NEGÓÇO TÁ BOLADO, JÃO!’

Anúncios

Hippy!

Há alguns dias eu havia posto na lateral do blog um link que te redirecionava pro Myspace de uma banda chamada “Hippy!”. Eu não tinha explicado ainda o que era, porquê nós só tínhamos uma música. Então, pra quem não sabe, a Banda Hippy! é um projeto que eu e o @iveslamego estamos fazendo pra passar o tempo e dominar o mundo.

É só mais um passo para a nossa dominação global, aguardem.

Nós gravamos sete músicas no quarto do Ives e as lançamos no myspace. Levou mais ou menos três meses pra fazer tudo. Metade das músicas eu que compus, e a outra metade ele. O que está me deixando puto é o fato de que todo mundo prefere as que ele compõe. Falta de sacanagem, viu.

Queremos conseguir um milhão de plays, porquê, pelo que parece, é o necessário pro MySpace dar atenção pra gente. OUVAM lá, amicos.

Para ouvir mais, clique aqui.

Inundamos a sala de aula.

Parece que o momento mais retardado da vida escolar de um ser humano é enquanto ele está na quinta série. Sempre que você fez uma merda escolar e não sabe ao certo quando foi, você diz que foi “lá na quinta série”. Na minha turma, pelo contrário, nós fazemos merdas hoje em dia que nem na quinta série éramos retardados o suficiente para ter a audácia de fazer. E o pior – nós temos noção disso.

MAS É MUITO ENGRAÇADO, MANO.

A mongolisse a qual nos propomos nos últimos dias é aquela velha brincadeira de esconder o material um do outro, e ficar rindo da pessoa enquanto ela procura pelos mesmos. Brincar de esconder material é como pular de cabeça do topo de um prédio de 17 andares – não precisa ser um gênio pra chegar à conclusão de que dará em merda.

Continue lendo ‘Inundamos a sala de aula.’

Inundamos a sala de aula.

Parece que o momento mais retardado da vida escolar de um ser humano é enquanto ele está na quinta série. Sempre que você fez uma merda escolar e não sabe ao certo quando foi, você diz que foi “lá na quinta série”. Na minha turma, pelo contrário, nós fazemos merdas hoje em dia que nem na quinta série éramos retardados o suficiente para ter a audácia de fazer. E o pior – nós temos noção disso.

MAS É MUITO ENGRAÇADO, MANO.

A mongolisse a qual nos propomos nos últimos dias é aquela velha brincadeira de esconder o material um do outro, e ficar rindo da pessoa enquanto ela procura pelos mesmos. Brincar de esconder material é como pular de cabeça do topo de um prédio de 17 andares – não precisa ser um gênio pra chegar à conclusão de que dará em merda.

Continue lendo ‘Inundamos a sala de aula.’

Sabecomé…

Olá, estimados leitores vagabundos! Como vão vós missês nesses dias que se passaram? Eu vou mazomenos, obregado.

Minha rotina de estudo chegou ao absurdo deu começar a estudar assim que acordo, às 7 da manhã, e só parar efetivamente às 21:00, que é a hora que eu tiro para vagabundear no twitter e me preparar para dormir. Como escrever posts aqui no blog levam de 1 hora e meia à 2 horas – OLHA O TAMANHO DESSASPORRA – eu não poderia diminuir minhas horinhas de sono para… tsc… escrever pra vocês, né?

Óbóvio que não.

No entanto, eu vou voltar a encarar esse brógui como um PASSATEMPO, que nem eu encarava antigamente. Quando tu começa a atingir muita gente com o que tu fala – recebo em média 1000 visitas por dia, quando posto algum texto, chega 3500/4000, sem contar quem lê por feed – tu meio que começa a querer melhorar. Só que às vezes tu regride, o que foi o que aconteceu comigo.

Eu não vejo mais a menor graça nos meus posts.

Eles tão muito rebuscados, pesados e difíceis de ler. Voltarei a fazê-los para mim, e não para os leitores. Vão ser mais leves e banais. Se vocês gostarem, ÓTEMO. Se não, ÓTEMO TAMBÉM. Fiquem na paz do tio da igreja.

Se quiserem falar um assunto bacana preu postar aqui no blog, fala nos comentários, lerei com carinho. E tenha uma coisa em mente – qualquer piada que tu pensar, é bem provável que, no mínimo, 27 pessoas já a fizeram. Não tente ser engraçado.

Feder é poder.

Se tem uma coisa que eu não me orgulho é de ser descendente de portugueses. Quando, por razão até então desconhecida, paro pra pensar se houve algum ponto positivo pelos portugueses terem colonizado nossa terra verde-e-amarela, chego a uma única conclusão – esse ponto positivo não existe. Nos obrigaram a aprender sua língua ruim – a qual nós modificamos de modo tão abrangente que é considerado por muitos uma língua à parte -, seus costumes piores ainda e roubaram as nossas riquezas – as quais eles não conseguiram administrar e hoje se tornaram um país medíocre.

No entanto, devemos concordar que os portugueses tinham um comportamento ecologicamente correto invejável, o qual, infelizmente, foi extinto de nossa sociedade – portugueses tomavam uma quantidade anual de banhos que era capaz de se contar nos dedos. A única coisa que os caras faziam certo, os indígenas fizeram questão de extinguir da cultura.

Não me espanta que a maioria dos indígenas tenham morrido.

Continue lendo ‘Feder é poder.’

Esses PUNKs de hoje em dia…

Se você foi idiota o suficiente para clicar num site com o nome de “Nerd Calculista”, você provavelmente não se importa muito com o destino que seus neurônios tomarão. Portanto, aviso logo – após ver o vídeo a seguir, é muito capaz de você perder grande parte deles. Mas eu sei que você vai ver do mesmo jeito, né.

Continue lendo ‘Esses PUNKs de hoje em dia…’


Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 655,205 visitas