Arquivo de fevereiro \28\UTC 2008

5 Melhores Guitarristas

Ultimamente estou tendo doses cavalares de HardRock, Metal e etc., sendo assim, me veio a brilhante idéia de montar um post em que eu falasse sobre os melhores guitarristas, na minha opinião .

Obviamente, começaremos pelo mestre Slash. 

Slash: Saul Hudson, o famoso e idolatrado Slash, nasceu na Inglaterra no ano de 196.. e lá vai bolinha . Aos 11 aninhos ele se mudou pros EUA, e aos 15 ele ganhou sua primeira guitarra da vovó e abandonou a escola . Hehe, admitemos, ele vivia nossos sonhos com apenas 15 anos .

Após sair da escola formou sua primeira banda, chamada Road Crew, com Steve Adler nas batera . Conheceu o Izzy ( um dos guitarristas do Guns) e daí conheceu o Axl e o Guns em geral . Quando o primeiro guitarrista e batera do Guns deu no pé, eles ocuparam o cargo .

Slash, como todo bom artista nesse mundo, era viciado em drogas, mais precisamente heroína e cocaína, tudo que termina com “ína” … sem contar seu grande amigo Jack Daniel’s, para os menos privilegiados mentalmente, Jack Daniel’s é um famoso Whisky .

Após ter alguns problemas com o coração, o pulso, e isso e aquilo lá e blá blá blá ele largou as drogas pra poder continuar no Guns e … vivo .

Em 96 ele largou a banda, por ter discussões com o Axl (Vocalista) .

Entrou no Velvet Revolver, que na minha opinião não chega aos pés do Guns e tá aí, entre os melhores guitarristas do mundo .

Slash e sua cartola sempre estarão vivos no coração de todo bom roqueiro, ou apenas no coração de uma pessoa que não tenha anomalia genética . 

 

Jimi Hendrix: Johnny Allen Hendrix, mais tarde renomeado para James “Jimi” Marshall Hendrix, nasceu em 27 de novembro de 194… e lá vai bolinha . Era uma criança sensível e cheia de problemas familiares, divórcio dos pais, morte da mãe e etc …

Participou de várias bandinhas locais e acabou se alistando pro exército, sendo afastado um ano depois por fraturar o tornozelo.

Em 65 assinou um contrato, no ano seguinte já possuía sua banda, onde teve contato com grandes ícones da música .

A vida dele foi relatada detalhadamente por várias biografias, mas não é isso que importa, o que realmente importa é o básico da vida dele . Fez uma banda aqui, uma ali, um single aqui um ali e assim que percebeu tava famoso e rico .

Em 18 de Setembro foi encontrado na cama do quarto de um hotel onde estava com uma namorada alemã, desacordado após ter tomado nove pílulas para dormir, e asfixiando em seu próprio vômito. Ele morreu horas mais tarde em um hospital.

 Que maldita ironia, o cara passa tantas coisas na vida e morre por causa de um vômito, um líquido fedido, formado pela substância “bile” do seu fígado e restos de comida . 

 

Sem comentários em relação à qualidade clipe, afinal, provavelmente foi feito antes de seus pais nascerem . 

Eric Clapton: Eric Patrick Clapton, nasceu em 194… e lá vai bolinha . Nasceu na Inglaterra quando sua mãe tinha apenas 16 anos . Sua avó e o segundo marido dela cuidaram dele como se fossem seus pais e a mãe a irmã mais velha (literalmente) . Descobriu a verdade sobre sua mãe aos 9 anos e tornou-se uma criança calada e solitária .

Ganhou sua primeira guitarra aos 13 anos, teve muita dificuldade mas se esforçou influenciado nos blues que ouvia . Em 66 ele criou o “Cream”, onde se popularizou e começou a se desenvolver como cantor .

Com o fim do Cream, em 1970 ele lançou seu primeiro álbum solo .Com a morte de Jimi Hendrix, a morte de Duane Allman (Guitarrista do The Allman Brothers Band) e vários outros fatores, Clapton se viciou em heroína, como todo bom artista , reforçando o que eu disse antes .O resto da história de Clapton é muito chata, então eu fiquei com preguiça de escrever, a questão é que ele ficou mais rico, mais famoso, menos drogado e por aí vai … 

  

Jimmy Page: James Patrick Page, nasceu em 9 de janeiro 1944 (Essa data eu decoro porque na verdade são três números, já que o quatro se repete .), é famoso por ser o guitarrista e fundador do Led Zeppelin, além de ter pertencido ao Yardbirds, no caso o Led Zeppelin original .

A infância do Jimmy não teve nada de interessante, então pulemos pra parte em que a história fica realmente boa .

Após fazer alguns trabalhos com outras bandas, começou a se dedicar inteiramente ao estúdio.Page recebeu uma oferta para juntar-se ao Yardbirds, mas recusou, só aceitando da segunda fez que lhe ofereceram . Após uma série de sucessos e algumas mudanças no integrantes o nome foi mudado para “Led Zeppelin” .

Após o fim do Led Zeppelin em 1980, Page juntou-se e criou diversas bandas, mas nenhuma deu em nada . Hoje em dia Page faz concertos de caridade . 

    

 E como não podia faltar …. 

Noel Gallagher: Ele não é lá nenhum grande guitarrista, mas eu sou fã do cara, então vou por ele na listinha também …

Noel Thomas David Gallagher, nasceu em 29 de Maio de 196… e lá vai bolinha  . Ganhou sua primeira guitarra de sua mãe, que a deu para compensar a falta de interesse que seu pai tinha por ele . Noel foi expulso da escola no mesmo ano em que seu irmão, Liam começou a trabalhar em casa, como todo bom artista, usando drogas . Noel entrou em um curso de guitarra no último ano primário, que ele resolveu deixar por sua professora o obrigar a tocar com a mão esquerda, sendo que ele era canhoto .

Quando descobriu que Liam montou uma banda com amigos, Noel se juntou à banda com a condição de que ele iria escrever todas as canções e ter completo controle criativo sobre o grupo.

O nome do grupo foi mudado por Liam para Oasis, depois de uma casa de concerto chamada The Oasis em que o Stone Roses tocou.

Noel Gallagher é amplamente conhecido como um dos grandes escritores de canção dos tempos modernos, e seu catálogo de mais ou menos 60 canções prova o quanto prolífico e talentoso ele é. Ele já trabalhou com Paul Weller, Paul McCartney, The Chemical Brothers, Burt Bacharach, Travis e The Who. 

Last e Limewire .

Depois de vários meses adiando, ante ontem eu finalmente baixei Last.FM .

E me arrependo de cada segundo que fiquei sem ele . Ele está me estragando, afinal, é uma ótima fonte de emo music, mas ainda assim é viciante .

Tive meus primeiros contatos com as “bandinhas de garagem” dos EUA, como Yellowcard e The Click Five . Yellowcard só tem duas músicas boas até agora, e Click Five, eu gostei de todas, recomendo .

Essa semana nada de interessante aconteceu comigo, foi uma das semanas mais chatas da minha vida, estudei o dia inteiro todos os dias e passei quinta e sexta sem poder andar pois joguei duas horas de basquete em cada dia, depois de dois meses só fazendo levantamento de talheres .

 Apesar da minha seção de treino árduo durante as férias, minha barriguinha sexy, ao invés de crescer espantosamente, diminui ridiculamente .

Além de baixar o Last.FM que me APRESENTA a músicas novas, eu baixei o LimeWire . Sim, eu tirei uma tarde inteira para entulhar meu computador .

Digamos que a cada meia hora ouvindo Last eu baixo 3 músicas …. sem contar a cecília (namoriiidaaaaaaa /o/) que não para de me falar músicas boas para baixar, estou entulhando meu MP4 e o pc ao mesmo tempo, pura emoção cara .

 

P.S.: Todas as músicas baixadas foram ouvidas antes, nenhuma foi baixada para “conhecer” .  

Uma das melhores músicas que eu conheci essa semana: 

Gil Brother – Pedofilia

Gil Brother, sempre foi o cara, e neste momento, lhes dou mais um motivo para acreditarem em mim :

Perceba os gritos de socorro do desesperado estuprador .

Quando você vir aquela menininha promíscua com sainha e bunda empinada, lembre-se do sitio .

Tropa de Elite

“ O concorrente brasileiro ao Urso de Ouro no Festival de Berlim, “Tropa de Elite”, de José Padilha, exibido anteontem, teve uma recepção da crítica dividida entre amores e ódios. Mais ódios do que amores.

A revista norte-americana “Variety”, que recentemente incluiu Padilha numa restrita lista de dez diretores em quem se deve prestar atenção, foi especialmente dura com o filme.

Em resenha assinada por Jay Weissberg, a “Variety” atribui a “Tropa de Elite” um “estilo Rambo” e sustenta que ele faz “uma monótona celebração da violência gratuita que funciona como um filme de recrutamento de seguidores fascistas”.

Weissberg afirma ainda que, segundo o filme, “só o Bope pode salvar a cidade [do Rio], mas isso requer, antes, a remoção cirúrgica de qualquer coisa que se pareça com um coração”.

Leitores brasileiros da versão online da revista escreveram no site mensagens de protesto e atacaram o autor da crítica.

A “Hollywood Reporter” publicou entrevista e reportagem sobre o filme, com destaque em sua capa da edição de ontem, mas chamou-o de “um filme constrangedor sobre policiais assassinos”.

A crítica afirma que “o pressuposto básico do roteiro escrito por Padilha, Rodrigo Pimentel e Bráulio Mantovani é que todo mundo no Rio é corrupto, especialmente as autoridades”.

A revista inglesa “Screen”, por sua vez, deu ao filme a nota máxima –quatro estrelas, correspondente a “excelente”–, numa crítica farta de elogios.“A montagem corajosa, a incansável câmera na mão e essa espécie de tom quente e realista conhecido desde “Cidade de Deus” e “Amores Brutos” produzem uma mistura que é mais funcional do que inovadora, embora seja eficiente”.

A crítica do jornal francês “Le Monde”, publicada no blog de cinema do diário, acusa o filme de fazer apologia da tortura: “”Tropa de Elite” é feito segundo a receita do neoconservadorismo hollywoodiano –montagem frenética, câmera epiléptica, narrativa que não deixa nenhum espaço à ambivalência. Não é preciso ser hipersensível para ver no filme uma apologia da tortura e das execuções extrajudiciais”, afirma o crítico Thomas Sotinel.

A reação da imprensa alemã foi desigual. O jornal “Berliner Zeitung” avaliou o filme como “excitante e original”, disse que ele apresenta “os diversos lados da questão” e o faz com bom “equilíbrio entre os aspectos ficcional e documental”.Já o “Der Tagesspiegel” disse que, no retrato do “mundo pavoroso e sem lei” que o filme faz, “não há zonas brancas e negras; tudo é escuro”. Os dois jornais, no entanto, ressaltaram que “Tropa de Elite” não é fascista. “E nisso [fascismo], como você sabe, somos especialistas”, comentou o jornalista alemão.

Padilha acredita que os críticos estrangeiros que atribuíram ao filme um caráter fascista foram influenciados por colegas brasileiros que reprovam “Tropa de Elite” desde a sua estréia no Brasil.

Sobre as resenhas publicadas ontem, o diretor afirmou: “Uns nos acharam inteligentes, outros fascistas. Na verdade, não me preocupo com isso”. “

Fonte: FolhaOnline

Temos que levar em consideração, que as pessoas que fizeram essas críticas, não vivenciam tudo que nós brasileiros vivenciamos . O filme é baseado em fatos reais, ou seja, é baseado em algo corriqueiro aqui no Brasil, mas não em outros países .

Pessoalmente, eu mesmo nem gostei do filme, só vi para os amigos pararem de encher a paciência, mas se eu tivesse de fazer uma crítica, ficaria assim:

” O Filme apresenta cenas fortes de ação, cenas corriqueiras nos estados do Brasil . O Filme em si, trata de um assunto muito bom, mas poderia ter-se tirado mais desse assunto . Muita ação, muito tiro, muita morte não me impressiona, o que me impressiona é conteúdo, coisa escassa nesse filme, esse é provavelmente o motivo de seu sucesso estrondoso . “ Nota: 6,5

Not So Usual

Creio que a maioria deve ter notado minha pouca atenção com o blog .

A questão é que a boa vida acabou, agora o baby Guilherme cresceu e precisa estudar o dia inteiro .

Essa semana esta sendo bem legal, tirando a escola, joguei Mário World o fim de semana inteiro e consegui zerar faltando 5 fases . Finalmente comprei meu violão então o pouco tempo livre que eu tenho eu passo esfolando meus dedos naquelas cordinhas, o que é algo muito ruim, partindo do princípio que eu tenho a unha muito pequena .

Sinto saudade dos chats da DBF, mas nao faz muita falta, ja que eu não teria tempo para participar mesmo . 😀

Também tive uma batalha terrível contra meu MP4, cujo qual não queria reproduzir nenhum vídeo e nem tocar músicas novas . Após algumas horas tentando, desisti e pedi ajuda pro meu irmão que resolveu em 5 minutos . A questão é que isso acabou me viciando na seguinte música:  Jason Mraz – Not So Usual 

Download Aqui

SuperHero Movie

Direção: Craig Mazin
Roteiro: Craig Mazin
Elenco: Jeffrey Tambor, Leslie Nielsen, Brent Spiner, Sara Paxton, Christopher McDonald, Drake Bell, Kevin Hart, Marion Ross, Ryan Hansen

Sinopse: Nesta paródia de filmes de super-heróis, o estudante Rick Riker é picado por uma libélula geneticamente modificada e ganha habilidades sobre-humanas, como uma força incrível e pele blindada. Rick decide usar seus novos poderes para o bem e se torna um guerreiro contra o crime conhecido como “O Libélula”. No entanto, em seu caminho está o vilão Lou Landers. Depois que um experimento dá errado, Lou ganha o poder de roubar a força de vida de uma pessoa. Em uma vil busca pela imortalidade, ele se torna o supervilão “O Ampulheta”. Com uma força inimaginável, velocidade inacreditável e um uniforme profundamente desconfortável, poderá o Libélula parar as areias do Ampulheta e salvar o mundo?

Estréia: 28/3/2008 (Original)

Drake Bell Fans

Nesse post pretendo falar das grandes amizades que criei nessa comunidade pois essas amizades mudaram muito minha vidinha miserável e foi muito difícil conquistá-las . 

  • Nathie: Cara, ela foi a primeira e melhor amizade que eu fiz na comunidade. Ela tem 13 aninhos, é engraçada e faz todo mundo sentir-se a vontade, se auto-proclamou a líder dos chats e é a pessoa que mais fala coisa sem sentido no mundo . NathieFly sempre viva nos nossos corações .

P.S.: Ela se apaixona muito facilmente, provavelmente pra esconder seu amor por mim . 

  • Yuri: Apesar do que muitos acham, eu não tenho uma relação gay com ele . É um grande amigo, que apesar de enrolar ao máximo sempre me ajuda quando preciso . E ele foi a bendita pessoa que me apresentou ao mestre Jason Mraz, devo minha vida a ele .

  • Renan: O pônei ( nunca soube porque o chamam assim, apesar da Nathie ter explicado várias vezes, só lembro de algo com um carrossel e um pônei que bateu nela com oito anos.) ele é muito legal, gentil, está sempre de bom-humor e escreve uma fanfic viciante, cujo personagem (nerd) principal é ninguém menos do que ele mesmo .

  • Manoela: Manu é a mais velha da comunidade (ou segunda mais velha, nunca soube) apesar da idade ela é tão doida como todos nós mais jovens . Viciada em McFly e com uma voz linda é popularmente conhecida como “ManuFly” . Não tenho muito o que falar dela porque ela não costuma estar online quando acontecem os chats .

  • Marilia: Maah, ela é a mãezona da família bizoiúda . Ela é viciada na Xtina, o que eu acho uma perda de tempo, pois ela devia estar ouvindo Jason Mraz ao invés de Christina Aguilera . Ela ta na turma da pessoa que mais odeia e elas só trocam olhares quando brigam, deve ser pura emoção .

  • Mariana: Vou ser curto e grosso, se ela morrer não faz falta . Mal-educada e infantil, é uma garota que sem nenhum motivo não gosta da minha humilde pessoa e sempre que me vê faz o favor de TENTAR (preste atenção que eu enfatizei o tentar) me humilhar .

 Desculpe se eu esqueci de alguém, a comunidade é muito grande, tem a Thaís, a Alice, a Mari, a Bia, a Mi, A Raíssa, a Lívia, só que eu não converso muito com essas, mas mesmo assim são muito importantes .

P.S.: É bom que todas as personalidades citadas neste post comentem, e é tipo … uma ordem .

Drake Bell Fans e Drake Attack .


Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 652,552 visitas