Descobri como dominar o mundo.

No início de 2012, logo após assistir a um vídeo desses toscos de autoajuda no youtube, decidi fazer um “quadro dos desejos”. A parada consistia estritamente no que era o nome – você pegava um quadro e escrevia ali todas as coisas que você desejava. O vídeo era uns 20 minutos de um cara com as sobrancelhas estranhamente grandes dando explicações sobre o nosso cérebro ter um dispositivo que atrai aquilo que desejamos assim que definimos o desejo. A partir do momento em que definíssemos uma coisa que queríamos, o cérebro se encarregaria de, mesmo inconsciente, lutar por aquilo.

Eu tava tão desesperado por qualquer ajuda que fosse pra passar no vestibular, que até isso serviu de apoio. Apostei na parada.

Uma vez que seguir a dica de um vídeo de autoajuda era demasiado vexaminoso, preferi manter a empreitada só pra mim. Ao invés de um quadro, que seria visto por todos que entrassem no meu quarto, fiz uma imagem no paint. Pra ~balancear a miticidade~ do quadro, ao invés de apenas escrever o nome das coisas, coloquei imagens.

E, um ano depois, vejam que bacana dos caralhos: consegui tudo o que estava no quadro!

Pra testar a funcionalidade da parada, coloquei algo bem simples e fácil – o casaco da Crux. Vá, não era algo tão difícil de se conseguir, mas eu realmente queria. E eis que não muito tempo depois, minha mãe comentou que eu tava precisando de uns casacos novos e, não mais que um mês depois de ter feito o quadro, tam dam:

Ora bolas, mas mamãe sempre está me oferecendo roupas novas, principalmente quando eu uso tanto umas que elas começam a feder mesmo depois de serem lavadas – o que é um processo biologicamente curioso, aliás -, como era o caso do meu casaco antes desse.

Decidi aumentar o nível de picorosidade da parada. Coloquei a foto de uma mina gatíssima que tinha visto no curso. Ainda não tinha trocado uma palavra sequer com a moça, mas a achava a mina mais bonita desta grande bola azul a qual chamamos de Terra. Era o teste principal da macumba.

E eis que, poucos dias depois, um amigo nosso em comum nos apresenta e começamos a conversar. Um mês depois, já lhes foi relatado o que aconteceu.

(Dissertando isso agora, devo admitir que soa meio doentio colocar a foto de uma mina em um quadro de desejo. É, de um jeito meio torto, como ligar para aqueles números de Trago a Pessoa Amada, ainda que a pessoa não fosse amada e eu não tenha ligado pra ninguém. MAZPELOMENO funcionou.)

O importante é que eu tinha acabado de descobrir o chamariz de cocotas e de coisas boas pra vida. Foda-se meus desejos e ambições, apenas os colocaria ali no quadrinho e esperaria o destino agir.

Resolvi, então, apostar alto – coloquei a foto da UERJ e da UFRJ no bagulho.

Não precisava nem estudar mais. O universo se encarregaria de, pela primeira vez na vida, trabalhar a meu favor e colocar todos os astros no lugar correto para que eu obtivesse êxito no ingresso à faculdade. No fim do ano:

Também passei pra UERJ, mas nem cheguei a tirar foto pois, por algum motivo que jamais entenderei, TODO MUNDO passou pra UERJ. Até as pessoas mais estúpidas que perigavam reprovar na prova de bolsa da Estácio conseguiram.

Fechem os cursinhos. Fechem os sites de relacionamentos. Fechem os shoppings. Eu acabo de descobrir como dominar o mundo de um jeito muito mais fácil do que o de Freeza – que, se soubesse desse quadro, decerto não teria arrumado tanta briga com o Goku.

Até que ponto o quadro me ajudou e até que ponto foi tudo decorrente do meu esforço, eu não sei. Só sei que tudo deu certo. Tentei fazer um pra 2013, mas não consigo pensar em mais nada que eu queira. Não stalkeio nenhuma moça, já passei pra faculdade, estou com bastante dinheiro guardado. Vou esperar começar a faculdade pra ver se coloco alguma coisa nele.

Depois cês me agradecem por ter facilitado sua vida em aproximadamente 100%.

P.S.: Acho que as férias e o decorrente ócio profundo estão afetando minha capacidade de escrever. Tudo me soa escrito por uma criança de 13 anos. Sem contar que esse texto, mesmo depois de muito esforço, tá minúsculo. Eu ein.

Anúncios

16 Responses to “Descobri como dominar o mundo.”


  1. 1 Camila 13/02/2013 às 6:05 pm

    Correndo no centro pra fechar o cursinho e já imprimindo os meus desejos. Valeuuuuuuu

  2. 2 Karol 13/02/2013 às 6:19 pm

    caras, por favor me passa o link do vídeo que tu viu? hahaha

  3. 3 Bruno FV 13/02/2013 às 6:29 pm

    Vou começar a usar esse quadro com imagens aí. Ah, se o Cérebro soubesse disso…

  4. 4 vick 13/02/2013 às 6:32 pm

    Bizarro é o fato de que, hoje mesmo, preguei um mural de avisos enorme no meu quarto, sem saber muito pra que usá-lo e você vem e posta este belíssimo texto de auto-ajuda… Já estou até bolando tudo que pregarei nele, agora.

  5. 5 Mariane 13/02/2013 às 6:34 pm

    AEEEEEEEEEEEEEEEEE, Meids! *-*
    Eu fiz isso alguns anos, mas de um jeito meio diferente: coloquei todos os meus desejos em pedaços de papel num copo da Starbucks e só abria no final do ano. Alguns desejos se realizaram, outros não.
    E também tenho uma caixinha onde boto todo o dinheiro que guardo pra eventos futuros. Exemplo: shows, festas, bienal e essas coisas. Nela escrevi “My dreams” com cola colorida. E adivinha? Desde que fiz essa caixa, consegui ir a todos os shows que eu queria, e alguns até fiquei na grade. Lembro que no último show do McFLY, fui quanto dinheiro eu tinha pra pagar o ingresso, achando que tinha tipo uns 70 reais, e quando vi tinha quase 200! E eu não fazia ideia de onde o dinheiro tinha vindo.
    Mas é isso aí. Passei pra UERJ também. Sorte para nós. :3

  6. 6 Almeida 13/02/2013 às 6:42 pm

    http://www.youtube.com/watch?v=XAnWvOWxNWo são 30 minutos de pura tosquice. Tudo o que é importante eu já pus aí no texto 😛

  7. 7 Lari 13/02/2013 às 8:19 pm

    Aê, vou colocar no meu quadro dos desejos que eu quero passar na USP, vai que cola.

  8. 8 Maari_xx 13/02/2013 às 10:37 pm

    Coloca no quadro de 2013 “mais leitores pra casinha calculista” haha.
    ps: tentarei a macumba.

  9. 10 Mariana 13/02/2013 às 10:47 pm

    hahaha genial! será que se eu colocar que quero passar na ufpe, mesmo depois de já ter feito o vestibular e estar apenas aguardando o resultado, essa macumba funciona? testarei.

  10. 11 Julia 14/02/2013 às 3:17 pm

    acho que vou colocar “USP” umas 10 vezes nesse quadro, vai que aumenta minhas chances e eu nem preciso estudar esse ano todo no cursinho, há.

  11. 12 carol 16/02/2013 às 6:49 pm

    almeida, o mais novo macumbeira hahahah mas n me custa testar… hmm

  12. 13 Tay 17/02/2013 às 2:34 am

    Eu li alguns livros que falam mais ou menos disso. “Leio da Atração”. Realmente funciona, rs.

  13. 14 Mariana 17/02/2013 às 7:10 am

    pensei a mesma coisa!!!!!!!

  14. 15 Caroline 07/03/2013 às 11:28 pm

    Meids, estou colocando forças nesse quadro aí para diminuir minha carga de azárons nesse ano…
    Espero que funcione

  15. 16 Amanda 17/03/2013 às 12:29 am

    “Esse princípio pode ser resumido em três simples palavras: pensamentos viram coisas”. Grande The Secret hahahahhahas


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 652,712 visitas

%d blogueiros gostam disto: