Rapidinhas sobre gente chata pra caralho.

Queria começar dando um aviso a essa rapaziadinha “educada” do Brasil: vocês são chatos pra caralho.

Uma situação em especial me fez chegar a essa conclusão – que eu já havia chegado centenas de outras vezes, afinal, pessoas “educadas” são, na falta de uma palavra mais ofensiva, insuportavelmente escrotas pra caralho.

Vamos supor que vocês são motoristas de ônibus. Seu trabalho é ficar sentado entre 10 a 12 horas (dependendo da quantidade de horas extras que você faz pra pagar o leite da tua quinta filha, a Rosiclaine) andando de um lado pro outro. E então, entra aquela criatura odiosa, politicamente correta e integralmente de bom humor, e lhe profere um sonoro “Bom dia!”. Você se vê na obrigação de responder o bom dia, fingindo um ânimo que não tem, afinal, está há 3 dias sem dormir, emendando hora extra em hora extra nos 4 empregos que não são o suficiente pra pagar a aparelho dentário do terceiro filho do primeiro casamento, o Roberto Carlos (nome dado em homenagem ao jogador, não ao cantor).

Agora imaginem que, em um país boiolinha como é o Brasil, centenas de pessoas diariamente são politicamente corretas babaquinhas metidas a “educadas” e proferem “bom dia” ao motorista. Descartando o fato de que desejar bom dia pra alguém já é babaca por si só – afinal, ninguém ta realmente desejando bom dia pra ninguém, e, ainda que desejasse, não faria a menor diferença -, a pessoa está apenas servindo pra piorar o dia do cara, que terá que juntar todos os resquícios de paciência pra fingir alguma educação respondendo o bom dia da pessoa.

O mesmo se dá para porteiros, inspetores, padeiros e prostitutas. Sejam menos educados e mais suportáveis. O mundo não chorará se vocês deixarem de ser idiotas.

****

Eu falei que entrei na academia? Falei? Não? Foda-se, to falando agora.

Então. Eu entrei na academia há mais de um mês.

Já tinha feito academia há alguns anos, fiquei marombadinho por alguns meses, mas tive que abandonar pra fazer aquela parada inútil e idiota – estudar. Agora que minha faculdade só começa em abril, me vi na eminente possibilidade de voltar a ser lindo de bonito e queimar uns tecidos musculares levantando placas de metal.

oi amiguinhos da maromba

Cheguei na academia todo contente e mostrando serviço pra ver se dava pra ficar o menos absurdamente magrelo no menor tempo possível. Eis que se passou mais de um mês e eu ainda mal consigo andar quando saio de lá e continuo sem ter nada além de pele e osso.

****

Por que é que velho é um troço tão chato em ônibus, ein? Puta que pariu, eu até gosto de velhos, sério mesmo, me amarro quando eles começam a falar “do tempo deles”. Sou um fanático por história e esse é o contato mais direto que posso ter com ela. Mas, puta que pariu, no ônibus eles são chatos demais.

Nem por eles puxarem papo – o que minha antipatia de nascença já faz com que não ocorra com muita frequência -, mas por eles serem absurdamente lerdos. Entendo que, com a idade, o corpo tenda a ficar mais fraco e os movimentos são mais lerdos, mas, puta que pariu, a velha precisa deixar o cartão do ônibus dentro da bolsa e deixá-lo cair no chão duas vezes? Custa alguma coisa o velho ver se a maquininha aceitou o cartão dele antes de ficar se debatendo na roleta? E você também emburrece quando fica velho? Por que precisa ser muito burro pra passar na roleta e deixar a bolsa presa do outro lado. Aliás, qual a dificuldade de tocar o sinal e esperar o ônibus parar sem gritar “ô motorista, eu vou soltar no próximo ponto, ta”?

Aliás, meus queridos leitores da terceira idade, se vocês tem as pernas esculhambadas, a culpa não é do motorista. Ele precisa dirigir o ônibus da mesma forma, independente de vocês estarem ali ou não. A próxima vez que alguém gritar “quero ver se você dirigiria assim se sua mãe estivesse aqui”, vou dar um tapa na cara do velho babaca.

E escuta aqui – não é por que aquele acento é preferencial que você pode me fazer levantar dele se todo o resto do ônibus estiver vazio.

****

Eu agora posto de 15 em 15 dias no NSN:Br algum texto, cês já viram? Deem uma olhada lá. Amanhã tem texto novo.

Aliás, cês viram essas propagandinhas aí nos lados do blog? Então. Comprem elas. Sim, comprem. É uma ordem. Sei que todos os leitores deste singelo blog são fidalgos da mais alta estirpe.

****

Quem perde a vida pro crack com certeza nunca jogou League of Legends.

[lomadeewpro category=’3482′ keywords=’azarão, markus suzak’]

Anúncios

9 Responses to “Rapidinhas sobre gente chata pra caralho.”


  1. 1 Maari_xx 22/01/2013 às 9:05 pm

    “E escuta aqui – não é por que aquele acento é preferencial que você pode me fazer levantar dele se todo o resto do ônibus estiver vazio.” PORRA, falou tudo! Um dia quase bati numa idosa por causa disso.

  2. 2 A 23/01/2013 às 12:37 am

    meu deus, almeida, como voce é antipático kkkkkk sempre fico mais feliz quando me desejam um bom dia. depois dessa, to até com medo de cumprimentar as pessoas
    ps.: por que alguém senta no assento preferencial quando o resto do ônibus tá vazio?

  3. 3 Hana 29/01/2013 às 5:12 pm

    Uma vez eu li um texto de um cara que, pra fazer a tese dele, passou um bom tempo “trabalhando” como gari. Nesse, ele disse como se sentia invisível, vendo até pessoas que convivem com ele, passar ao lado e nem ao menos perceber que ele tava ali. Então, acho que o fato de uma pessoa entrar no ônibus e dar bom dia, mesmo que seja sem realmente desejar um bom dia, ou cumprimentar o porteiro quando está saindo do prédio, faz com que a pessoa que o recebe perceba que “ainda existe”, que seu trabalho é reconhecido. Como dizem, gentileza gera gentileza.

  4. 4 Rodrigo 30/01/2013 às 2:33 pm

    Caraio!
    Leio aqui há muitos éons, desdos tempos de coleguinha de comunidade de banda powerpop e etc, nunca comentei diretamente contigo, mas, puta que pariu, dessa vez precisei pois tu descreveu tão bem:

    “Descartando o fato de que desejar bom dia pra alguém já é babaca por si só – afinal, ninguém ta realmente desejando bom dia pra ninguém, e, ainda que desejasse, não faria a menor diferença”

    Já tentei explicar várias vezes pra nego porque bom dias são irritantes e só recebo dicurso de educação e bons costumes (parecido com o do comentário acima). Parece que receber bom dia até desanima… me lembra que é de manhã e estou acordado, se são dados visivelmente só por obrigação irritam, se são dados com muito ânimo irritam mais ainda.

  5. 5 Nicole 14/02/2013 às 12:19 pm

    Eu nunca falo bom dia pra ninguém e sempre me chamaram de mal educada por isso. Também nunca gostei que me desejassem bom dia, já passei reto muitas vezes sem nem olhar na cara da pessoa (só me arrependi uma vez rs). “Bom dia” é realmente um troço irritante.

  6. 6 carol 16/02/2013 às 7:05 pm

    academia é um lance mt ingrato, tu passa um ano fazendo ai fica fortinho e se para dois meses já volta à estaca zero

  7. 7 misia 13/03/2013 às 3:15 pm

    fiz intercambio pro canada ano passado, e vc certamente ficaria louco la, CADA INDIVIDUO QUE SAI DO ONIBUS fala thank you pro motorista, nao importa se sai pela porta da frente ou de traz (sim, pode sair pelas duas) e nao é todo mundo falando ao mesmo tempo, é um de cada vez e o motorista responde a todos sorrindo e falando you’re welcome, agora imagina quanto tempo nao demora pra conseguir sair do onibus…

  8. 8 Tamara 08/05/2013 às 1:12 am

    “Quem perde a vida pro crack com certeza nunca jogou League of Legends.”

    NUNCA

    NUNC-CA

  9. 9 ze 23/06/2013 às 10:26 pm

    PIOR É SER DONO DE LAN HOUSE. A QUANTIDADE DE GENTE CHATA QUE VEM NA MINHA LAN É INACREDITÁVEL.JÁ ESTOU ATÉ FICANDO DOENTE. PIOR É QUANDO CHEGA NA HORA DE FECHAR E FICA UNS FILHOS DA PUTA MURRINHANDO PRA IR EMBORA. GERALMENTE SÃO AQUELES RECALCADOS QUE NÃO TEM MULHER E FICAM NAMORANDO PELA NET.FORA OS ANALFABETOS VIRTUAIS QUE FICAM TODA HORA ME CHAMANDO PRA AJUDAR NO COMPUTADOR.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 655,205 visitas

%d blogueiros gostam disto: