caralho não acredito que fui tão mal nessa porra depois de estudar feito um filho da puta por um ano inteiro.

Não sei se vocês perceberam, mas ultimamente eu tenho reclamado da vida com uma certa frequência. E não é aquela reclamação de praxe que todo ser humano que se preze faz, mas sim uma reclamação especial, mais assídua e insistente.

É, não perceberam.

Pois bem: eu tenho. E o motivo pra isso tem um nome bem singelo e único: Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a.k.a. UERJ, a.k.a. Alexandre Frota que vem do latim “aquele te fode sem nem pagar um jantar primeiro”.

Já contei aqui que minha genitora tem um prazer imensurável de acordar pessoas cansadas sem o menor motivo para isso. Se vê alguém tirar uma madorninha de tarde, no primeiro instante possível irá acordá-la. Se você está, em pleno domingo, dormindo até tarde, ela arrumará um motivo para acordá-lo. Se não arrumar um motivo, ora porras, o acordará do mesmo jeito simplesmente por que a idéia de acordá-lo é muito divertida.

E o pior – apesar de você ser o acordado, é ELA quem fica PUTA. Como se você estivesse cometendo um grandíssimo erro por estar dormindo. Pesquiso se na igreja que ela frequenta prega-se que o sono dos justos é sinônimo direto para necrofilia em pôneis. Pois aí faria todo o sentido tamanha aversão ao sonho alheio, afinal, existe entidade mais confiável e inocente que a igreja?

E eis que no dia da prova da UERJ não foi diferente. A prova ia começar às 9, mas como em todo vestibular, era aconselhável chegar no local às 8. Oito horas. Oito. Duas bolinhas, uma em cima da outra.

Cinco da manhã eu estava sendo acordado aos berros, e às 6 fui expulso de casa.

E, como é de praxe, ainda tomei um esporro por estar, teoricamente, atrasado. Eu cheguei na porra do local da prova duas horas e meia antes do horário. Mandei mensagens de boa sorte para alguns comparsas e recebi uns 4 “porra, mano, tu me acordou”. Procês terem noção, quando cheguei, só tinham umas 5 pessoas na fila, todas vindas dos mais profundos anais do estado fluminense, como São Gonçalo ou, deus me livre, Resende.

Tentei tornar a espera mais fácil – fui ouvir MP3. Acabou a bateria. Fui entrar na Internet do celular. Tava sem sinal. Fui ler um livro. Terminei de lê-lo. E não haviam se passado nem vinte minutos.

Depois de uma hora e meia de espera maçante abriram-se os portões. Achei minha sala e, logicamente, fui o primeiro a chegar nela. Vocês podem não saber, mas é extremamente escrota a sensação de estar em uma sala lotada de pessoas com o mesmo nome que você. Como a divisão de pessoas é de acordo com o nome, na minha sala só caíram pessoas com o nome Guilherme. E a porra do fiscal, quando tinha que perguntar alguma coisa, perguntava pelo primeiro nome. Quarenta pessoas o encaravam instantaneamente, acreditando falar de si. Numa situação dessas, quando o fiscal chama seu nome, é por que deu alguma merda e, acreditem, vocês não querem que dê alguma merda nessa hora.

O fiscal era um desses caras que provavelmente dão entrevistas pra ONG’s dizendo que tinham tudo para ser traficantes mas preferiram se tornar caras certinhos que fiscalizam provas por 50 reais o dia.

Já fiz diversos concursos e, apesar de todos terem invariavelmente regras escrotíssimas, nem sempre elas são respeitadas. Os ficais tem o tal do “bom senso” de não exigir que o concorrente faça a prova somente à caneta bic preta, por exemplo. Porra, tem muitas contas ali e não há espaço para ficar rasurando a caneta.

Pois bem: esse cara não tinha esse bom senso. Ele agia perfeitamente como um robô que simplesmente segue as regras sem nem perceber que ninguém realmente a seguia. Outra idiotice – ele pegou o saco onde as provas estavam lacradas e o mostrou pra cada aluno dentro daquela sala com o intuito de provar que aquilo não se tratava de uma grande farsa para prejudicar 40 Guilhermes inocentes. A outra fiscal ficava encarando ele com um ar de “puta que pariu, o que esse moleque ta fazendo?”.

Relevei, afinal, o cara tava é fazendo o trabalho dele direito. Escrotamente direito, mas direito.

Comecei a prova. Primeira questão: uma pintura. Pinturas são sempre fáceis de se interpretar. Respondi às questões referentes a ela rapidamente. Depois, um texto do Arnaldo Antunes escroto. Tive de relê-lo umas cinco vezes só pra chegar à conclusão de que eu não havia entendido porra nenhuma que acabara de ler. Aí eu li a sexta pra confirmar a primeira conclusão e desisti de entendê-lo. Fui ler as questões referentes a ele mesmo sem sacar nada.

Ao meu ver, elas estavam fáceis. Sou um cara que engole livros com a mesma facilidade com que um Orc Herói engole um aprendiz no Ragnarok, escrevo e interpreto poemas quase que diariamente e há meses não via um texto que realmente me intrigasse. Meu ego é tão inchado quanto a falecida barriga do Faustão (que ela descanse em paz) quando se diz respeito a interpretação de texto, então achei que eu estava realmente passando a trolha na cara da uerj. Tanto que, mais tarde, quando fui revisar e contar quantas questões eu acreditava ter acertado, das 20 de interpretação, somente 3 eu achava que tinha alguma margem de erro.

Não foi o caso. Mas xá pa lá.

Quanto às exatas é aquela história de sempre. Todo o meu conhecimento referente a uma matéria de matemática, física ou química é instantaneamente removido do meu cérebro ao receber o boletim e ver que passei de ano. É como vídeo pornô em High Definition – assim que o termino, deleto, pois ocupa demasiado espaço e ainda põe minha integridade em risco.

Shit like this.

Assim sendo, dei uma olhada superficial pelas questões de exatas e logo em seguida dei uma olhada profunda pra prova do cara com aparência absurdamente esquizofrênica ao meu lado. Esquizofrênicos são invariavelmente bons em matemática e física.

Aquele cara era uma exceção. Mas xá pa lá.

Por fim, humanas. Humanas é minha área desde que eu aprendi a ler. Ao invés de jogar Fifa 2001, eu jogava Age Of Empires. Ao invés de assistir Teletubbies, eu assistia Samurai X (que tem tudo a ver com história, como vocês bem devem saber). E eis que, na primeira fase da uerj, a decepção – me fodi em humanas com mais força do que Rita Cadillac em “A primeira vez de Rita”.

Desde aquela prova, minha vida se resumiu a estudar para humanas. Não foi por menos que, na escola, tirei 10 em todas as humanas (exceto geografia, que ficava na base de 8,5). Pelo menos isso deu resultado – acertei quase todas as humanas. Acho que só errei umas 3 ou 4.

Por fim, somando todos os “xá pa lá” desse texto, tive um resultado vexaminoso na UERJ e estou quase debandando para o Umbanda pra arrumar alguém que faça uma reza braba preu passar na UFRJ.

Por que com essa porra de exatas eu não posso não.

E o pior de tudo – vocês estão cientes que minha vida se resumiu a estudar durante todo esse ano. Deixei o blog e o twitter de lado, evitei entrar em relacionamentos (na realidade eles é que me evitaram, mas xá pa lá, rere) e dediquei todo o meu tempo aos livros. Vezoutra o livro era um Harry Potter ou um Dexter, mas na maior parte do tempo era algo realmente útil. E tudo isso me rendeu nada menos que um C na UERJ.

C de cocô.

C de caralho não acredito que fui tão mal nessa porra depois de estudar feito um filho da puta por um ano inteiro.

Tudo o que eu sei é que ontem um cheiro absurdo de queimado invadiu minha casa. Olhei na janela e vi que algo tava pegando fogo. Pensei “não avisarei a ninguém. Se eu morrer, não precisarei mais prestar pro vestibular”.

Anúncios

56 Responses to “caralho não acredito que fui tão mal nessa porra depois de estudar feito um filho da puta por um ano inteiro.”


  1. 1 @aboutisrhay_ 27/09/2011 às 3:51 pm

    primeira ? *-* ahhahahah

  2. 2 Nycole 27/09/2011 às 3:59 pm

    Não importa o quanto você se esforce, sempre haverão bilhões de pessoas melhores do que você. Homer S.

  3. 3 Renata 27/09/2011 às 4:01 pm

    UASHHUASU muito bom o post…
    imaginando sua cara ao ser um dos primeiros a chegar lá.
    muito foi o: “não avisarei a ninguém. Se eu morrer, não precisarei mais prestar pro vestibular”. USAHUHASUHAS

  4. 4 mari 27/09/2011 às 4:04 pm

    adorei o “não avisarei a ninguém. Se eu morrer, não precisarei mais prestar pro vestibular”

  5. 5 @foretime 27/09/2011 às 4:04 pm

    Estudar pra caralho e ir mal é uma coisa que realmente fode o ânimo de qualquer um.

  6. 6 Laís 27/09/2011 às 4:06 pm

    Nossa, eu sou bem melhor em exatas do que interpretaçao de texto que na minha opiniao é algo muito complexo comparando com as matematicas que sao simples formulas escritas.
    Mas enfim, boa sorte na proxima.

  7. 7 Ana Paula Virgili 27/09/2011 às 4:06 pm

    É foda mesmo. Se lhe serve de consolo, o post ficou muito bom.

  8. 8 Nicole 27/09/2011 às 4:06 pm

    de uma forma ou de outra ainda vai valer teu esforço de ter estudado o ano inteiro.
    eu prestei e passei em um vestibular até agora, e fiz a prova pensando “foda-se”. sim, é possível. e ainda tem mais! rs

  9. 9 @LittleDecoy_n 27/09/2011 às 4:08 pm

    acontece… mas você vai passar, não desanime! hahaha
    e se for ajudar, eu fico impressionada em como você escreve bem! HAHAHAHAHAHA adoro o blog (:
    boa sorte nas próximas provas, rs :*

  10. 10 Laís 27/09/2011 às 4:08 pm

    ou simplesmente espere que um satelite caia em voce, assim nao precisara prestar pro vestibular rs

  11. 11 Clara Noronha @mclarinhan 27/09/2011 às 4:08 pm

    Eu imagino o cara chamando Guilherme numa sala com uns 40 Guilhermes UAHAUAUHAUA Aff cara. Bah, mas é assim mesmo, eu mesma, ainda tô no primeiro ano, estudo pra exatas loucamente, pra quimica.. R tô sempre de recuperação, sempre no maior sufoco, imagino o quanto eu estarei ferrada quando chegar a hora de prestar vestibular. Desanima saber que por mais que tu estude tanto tu não consegue vencer a dificuldade, mas é normal.. Mas um tempo e vai, tem que irr!!!

  12. 12 Fefa 27/09/2011 às 4:10 pm

    own, tadinho de vc almeida =
    Bom,você tentou, se esforçou e essas baboseiras clichês que todo mundo fala.
    Não sei se te serve de consolo mas ano passado eu queria entra numa ETEC fodona, eu jurava que não ia passar, briguei pacas com a minha mãe falando que não tinha passado e que ela podia fazer a minha matricula na escola que eu estudava antes, e quando saiu o resultado e eu vi que passei foi muito… fuck yeah! haha’
    Tu ainda tem chances de passar meu caro jovem-nn
    Apesar de tudo, tá ótimo o post! love ya!

  13. 13 @Liively 27/09/2011 às 4:10 pm

    mano, que tenso. mas vamo lá né, continue estudando pressaporra e é isso aí O/

  14. 14 Juliana 27/09/2011 às 4:11 pm

    Torcedo para voc passar na UFRJ (YN)

  15. 15 laura 27/09/2011 às 4:13 pm

    tenso :s

  16. 16 @karisayhello 27/09/2011 às 4:13 pm

    C de cáspita, tenho um ano pra decidir o que quero fazer e estudar pra UFRGS.. mas depois disso, devo estudar? GFHASDHFA

  17. 17 Thati 27/09/2011 às 4:15 pm

    Engraçado como tu estudou pacas e tirou C, quando eu que tenho um ensino péssimo aqui na PB e não estudei nada tirei B.

  18. 18 Mariana Costa Mendes 27/09/2011 às 4:16 pm

    História muito VIDA DE MERDA, ri de mais! HSUAHSUHAUSHUAUHSU
    Se não der esse ano, tenta ano que vem, D:!

  19. 19 Isabela 27/09/2011 às 4:19 pm

    “Todo o meu conhecimento referente a uma matéria de matemática, física ou química é instantaneamente removido do meu cérebro ao receber o boletim e ver que passei de ano.” < Sinto o que você sente, Meids. haha
    E, você só se fode, pqp! Mas relaxa tá? Tudo vai dar certo….. algum dia…… talvez….. não perca as esperanças. é.

  20. 20 karina 27/09/2011 às 4:38 pm

    like a boss 😉 sofrido mas muito bom !

  21. 21 @becapires 27/09/2011 às 4:47 pm

    porra cara q bad! mas putz é o seu 1º vest(eu acho)
    nem td mundo passa no 1º, e tbm tem as paradas de 2ª e 7121979ª chamada. kkkkk
    é foda, mas me peguei rindo várias vezes nessa história toda! hauhau

  22. 22 Morgana W. 27/09/2011 às 4:58 pm

    Foi tão “cocô” como tu mesmo disse, que fico até me perguntando se tu realmente estudou tanto assim. Bá! Ou tu é muito burro, ou sáporra tava de “difícil” pra “estado terminal do corpo”

  23. 23 Luísa 27/09/2011 às 5:24 pm

    1 dia de cão

  24. 24 Isabelle 27/09/2011 às 7:36 pm

    Se nada der certo eu aposto com você que meu adorável professor de sociologia ia adorar lançar um livro teu!

  25. 25 Daphne 27/09/2011 às 9:01 pm

    Tô é com um puta medo do vestibular agora hahaha

  26. 26 @elisagcosta 27/09/2011 às 9:19 pm

    Pela primeira vez na vida fiquei mal por você ter se dado mal mais oremos para que você consiga passar!

    Fazia tempo que você não postava, tava com saudades (sem contar a última postagem que nem li haha)

  27. 27 @allfaces_ 27/09/2011 às 9:44 pm

    PÔ Meids, é fossa. Mas relaxa, se nada der certo cê vende Jequiti -n

  28. 28 @Grasiie 27/09/2011 às 10:40 pm

    Por essas e outras que não estudo, ai nem tenho expectativa mesmo…

  29. 29 vane 28/09/2011 às 8:57 pm

    almeida, não desista!

  30. 30 Natália 28/09/2011 às 9:03 pm

    Vestibular fode com a vida de TODOS.
    Nem comecei a fazê-los e já cansei.
    Fim.

  31. 31 Natália 28/09/2011 às 9:04 pm

    Digo, não comecei não porque não to no 3º e não é meu ano de vestibulando, não comecei porque aqui só tem uma estadual (interior, bjs) e na primeira prova, perdi. E na segunda, que é daqui uns dias, não vou, porque me darei ao luxo de ir numa festa de 15 anos. Mas ENEM taí né.

  32. 32 Bruna A. 28/09/2011 às 10:24 pm

    você estudou feito um condenado e nos abandonou para isso, e foi regular no vestibular? tem que ver isso ai ein!

  33. 33 carol 29/09/2011 às 6:57 pm

    ai almeida, tu parece meu primo, tenta tenta e não passa
    mas o forte dele é mat. e o fraco e port. rs
    mas ano que vem tu consegue, fé rs

  34. 34 Thereza F. 29/09/2011 às 9:30 pm

    Pô, Meids, que ruim ):
    Mas sei lá, vai na fé, cara. As vezes, alguém de um centro amigo faça um ~serviço~ e você passe rs
    Mas após ler sua saga, eu fiquei deprimida com meu vestibular. Eu perdi a primeira e a segunda etapa, e a explicação de todas as matérias. Em resumo, eu não sei nada. Por Zeus, eu fiquei feliz só por aprender o que é permutação ._.’
    Mas é… Espero ter um pouco mais de sorte. E um pouco mais pra ti também (:

  35. 35 hana 01/10/2011 às 3:18 pm

    esse fogo pode se alastrar pra perto da minha casa também? porque olha, ano de vestibular não é fácil não

  36. 36 fmattosa 04/10/2011 às 3:26 pm

    Ah Almeida, nem sei o que dizer. Você parou sua vida social, parou sua vida completa, se dedicou, estudou pra caralho, tudo pra passar nessa porra, e parece que nada é o bastante, né? Foi exatamente assim comigo (não foi pro vestibular… foi pra outa parada, mas voltando, rs…), e foi esse exato resultado. E pior, não passei, algo que tanto desejei, tanto me esmerei e pá. E fiquei mal durante muito muito tempo, mas depois de um tempão (mês passado, quiçá isso foi no começo desse ano), eu percebi o quão bobo foi toda a minha tristesa. Beleza, me fudi, não passei, me esforcei a toa e pá. Mas ganhei tanta experiência, aprendi tanto, me esforcei tanto, tudo por causa daquilo, então dá pra tirar um proveito disso tudo.
    Mas ah, afinal, quem quer proveito? Foda-se, ele, queremos é passar. KKKKKKKKKKKKKKK
    Mas Almeida, tô torcendo PRA CARALHO pra tu passar. E se não passar, não é o fim do mundo, não é porque tu não é capaz, e não se desespera, dá-se um outro jeito.

  37. 37 B. 04/10/2011 às 8:53 pm

    Você não é o unico. Estudei a porra do ano inteiro para a Universidade Federal de Santana Maria e realmente achei que iria estupidamente bem para poder rir da cara do meu irmão no término da prova. Bom, quando o resultado chegou as risadas não foram de satisfação e sim desespero, muito desespero.

  38. 38 B. 04/10/2011 às 8:54 pm

    santa maria*

  39. 39 Letícia. 07/10/2011 às 11:35 am

    C de caro almeida boa sorte na próxima.

  40. 40 @leek4 07/10/2011 às 7:27 pm

    ja falei que adoro seus posts?
    boa sorte nas provas, Almeida!
    tente outra vez, como ja dizia Raul, haha

    eeeeeeeee as histórias do Rock in Rio? to curiosa, po

  41. 41 Elena 08/10/2011 às 8:44 pm

    Engraçado como você tenta humilhar os outros e sair como fodona.

  42. 42 Elena 08/10/2011 às 8:46 pm

    Enem taí, você vai se sair bem. Não se esqueça que tem UFRJ, UNIRIO, e UFF em Niterói, que é pertinho daí.

  43. 43 carol 08/10/2011 às 9:39 pm

    RÁ, não estudei e fiquei com C-34, RISOS. E olha que eu NÃO SOU inteligente, to quase repetindo o 3º ano -vergonhoso, eu sei. Apenas uma questão de sorte :3 Agora vem o ENEM, néam. Vamos ver.
    E boa sorte na sua nova casinha nas [não tão] longínquas terras do Méier. :3

  44. 44 carol 08/10/2011 às 9:40 pm

    P.S.: Se tu pegar minha vaga em história TÁ FODIDO. Me deixa ser feliz com a minha sorte. ):

  45. 45 Anônimíssimo 12/10/2011 às 10:25 pm

    Haha! se fudeu!!!! brinks ;P Na próxima prova tu passa com uma notinha melhor né? então, teus esforços vao ter valido a pena fófissimo!

    *smack* (nossa que coisa escreta esse smack… ¬¬’)

  46. 46 fmattosa 18/10/2011 às 10:33 am

    Ah Almeida, deve tá ocupadão estudando pro Enem né? Desanima não, fi. E vê se dá sinal de vida, rs.

  47. 47 Bia 04/11/2011 às 8:20 pm

    Porra, eu sou de Resende :

    *brinks*

  48. 48 lilii kyte 05/11/2011 às 5:42 pm

    OMFG Meids, que pena isso D:
    Eu tipo perdi o enem então, eu to tiop qcfoda .q
    Enfim, na prova de vestibular eu nem estudei HUSHUSHSUSHUSHUSHSUHS não é do tipo ~awn eu sou foda~ muito pelo contrario,só me garantia em português e história, por que o resto :l”’
    enfim, espero que tenha passado *-* e seila se passou não to sabendo porque sou mt leiga até em redes sociais .qn

  49. 49 desirée (: 06/11/2011 às 2:43 pm

    po, mó vacilo falar de são gonçalo D: Nem é tão longe assim ): kk

  50. 50 geovanna 14/11/2011 às 9:07 pm

    “Olhei na janela e vi que algo tava pegando fogo. Pensei “não avisarei a ninguém. Se eu morrer, não precisarei mais prestar pro vestibular” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  51. 51 Mariane Ferrari 29/11/2011 às 8:21 pm

    “Procês terem noção, quando cheguei, só tinham umas 5 pessoas na fila, todas vindas dos mais profundos anais do estado fluminense, como >São Gonçalo< ou, deus me livre, Resende."

    olha só minha cidade aparecendo por aqui, rs.

  52. 52 Mariane Ferrari 29/11/2011 às 8:22 pm

    e sim, realmente é escroto ficar numa sala com 40 pessoas que têm o mesmo nome que o seu.

  53. 53 Stéfani 21/05/2013 às 11:15 pm

    eu também nunca vou entender o porque de estudar feito um condenado só piora as coisas, porque eu ainda estudo como condenada? geralmente só se eu tiver sorte pra passar em concurso, é tao escroto voce ver aquele seu amiguinho burro pra caralho te passar a perna.. ¬¬ a vida é uma caixinha de surpresas.. u.u

  54. 54 film porno 08/07/2013 às 5:28 am

    website x purement pour les passionés de vidéos pornographiques .
    Du bon porno de sexy coquines pénétrées à sec se faisant

  55. 55 film porno 08/07/2013 às 7:20 am

    website porno rien que pour les fans de vidéos xxx .
    Du good xxx de délicieuses garces enfournées à sec qui rafollent se faire

  56. 56 Murad 03/04/2014 às 12:03 pm

    Hello! This is kind of off topic but I need some advice from an eibltasshed blog. Is it difficult to set up your own blog? I’m not very techincal but I can figure things out pretty quick. I’m thinking about making my own but I’m not sure where to begin. Do you have any ideas or suggestions? Thanks


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 654,578 visitas

%d blogueiros gostam disto: