Vocês serão o Gandhi de amanhã!

Vocês são uns lhindos. Depois eu explico.

Estou solteiro de novo. Depois eu explico também.

*****

Se há uma verdade inegável em relação à humanidade, é que ela é formada por completos idiotas. Não que a culpa seja deles de serem idiotas, mas eles continuam sendo idiotas do mesmo jeito. E essa conclusão é alcançada a partir do fato de que, mesmo que sem querer, uma pessoa prejudica a outra. E essa outra pessoa, mesmo que sem querer, também prejudica a outra. E assim, forma-se um ciclo infinito de imbecilidade e prejuízo. É coisa de DNA, saca? Já está no DNA da pessoa que ela será idiota e prejudicará a próxima.

Mas vocês, leitores, são diferentes. Não sei se são melhores ou piores que as outras pessoas, mas sei que são diferentes – afinal, vocês lêem este blog, e os outros não. E é por isso que eu, um sábio filósofo do século XXI (tsc), lhes lecionarei – ou, pelo menos, tentarei lhes ensinar – a arte de não ser um completo idiota, em busca de um mundo melhor para todos.

1 – Xingue com consciência

Amigos, eu não sei se vocês estão cientes disso, mas um viado é uma pessoa que gosta de ter pintos dentro de si. E também não sei se vocês estão cientes disso, mas há uma pequena diferença entre, por exemplo, usar uma calça colorida e gostar de ter pintos dentro de si. O cara acha bonito usar uma calça colorida, isso não significa que ele também ache bonito uma piromba cabeluda.

Há uma singela diferença. É bem discreta, mas eu confio no potencial de vocês para enxergá-la.

Ou o Justin Bieber, por exemplo. Ele tem voz fina, mas não significa que ele gosta de dar a bunda. O menino simplesmente nasceu com a voz fina, porra.

Existem centenas de xingamentos cabíveis para uma pessoa tipo o Justin Bieber, mas viado não é um deles, entendem? Ele tem mais mulheres aos pés dele do que todas as pessoas que eu conheço juntas, e o fato da voz dele ser mais fina que a da maioria das pessoas não anula esta situação.

Porém, já está introduzido no DNA do ser humano que, se você não gosta de uma característica de uma pessoa, você a chama de viado. Caso seja uma mulher, você a xinga das vertentes de viado. Por exemplo, uma mina que use um short mais ousado é, instantaneamente, uma vagabunda.

Mas também há um singela diferença entre alguém que usa um short um pouco mais curto que os outros, e uma pessoa que gosta de vender seu corpo em troca de trocados para sustentar o vício pelo crack.

Se você chama uma pessoa de vagabunda sem motivo, você estará abrindo uma porta para que ela chame outra pessoa de vagabunda sem motivo, criando um ciclo infinito de pessoas xingando umas as outras de vagabunda que, uma hora ou outra, resultará em alguém chamando VOCÊ de vagabunda sem motivo. E aí a merda está feita de vez.

2 – Odiar coisas só por serem populares

Todo ser humano tem o seu gosto. Mas, se você está predisposto a não gostar de uma coisa, você não gostará dela mesmo que ela seja do seu gosto. Se o mundo intero lhe dissesse que pão de queijo é uma merda, você ignoraria toda a divindade do queijo derretido, do pão tostadinho, da fumaça e do cheiro exuberante e simplesmente diria que pão de queijo é uma merda. Às vezes, você nem mesmo o provaria antes de fazer tal afirmação, afinal, se o mundo inteiro diz que é uma merda, por que VOCÊ diria diferente, correto?

Errado.

Se livrando desse preconceito todo, você acabaria provando pão de queijo e constataria a divindade em plano alimentício que ele é.

Vamos lá, eu sei que você quer. Você sabe que você quer!

Essas coisas não ocorrem somente com os alimentos. Nos tempos longínquos de 2006, eu odiava Fresno. Não que eu tivesse ouvido e não gostado, mas porra, TODO MUNDO ODIAVA FRESNO. Era coisa de emo, viado (mais uma vez lembrando a regra 1), babaca, chorão e etecétera. Mesmo sem ouvir os caras, eu dizia que não gostava também.

Baixei o Redenção, me apaixonei por Milonga e comecei a ouvir tanto, mas tanto, que hoje é minha banda favorita.

Manos, até Restart tem músicas boas. É impossível você ouvir o CD inteiro deles e NENHUMA música te agradar. Uma irá, sem sombra de dúvida. Mas as pessoas não dão essas chances, e acabam se privando de algo que poderia lhe render muito prazer.

Também ocorre isso com seres humanos. Se todo mundo tem um conceito de uma pessoa, você fica predisposto a não gostar dela. Às vezes a pessoa é igual a você e vocês seriam melhores amigos(as), mas acaba desistindo dela só por que fulano xingou ela. Vocês sabiam que o @federicodevito é um cara deveras legal, apesar de ser colírio bombadinho e ter um monte de fã cabeça de vento?

Sim, senhora. O moleque curte música boa, tem umas piadas realmente engraçadas e é mais otaku do que eu nunca fui e espero nunca ser. Mas DIZ AÍ que tu nunca teria dado uma chance pra ele só por ele ser colírio.

A única excessão disso tudo são os playssons. Playsson é ruim de qualquer jeito. Todos eles. Todos.

3 – Fazer as coisas simplesmente por que as pessoas esperam que você as faça

Essa é a coisa que mais me irrita no ser humano. Qualquer situação em que a pessoa faça uma das coisas que já foram mencionadas me irritam, pois a pessoa não está usando o cérebro, e eu odeio gente que não usa a porra do cérebro. Mas essa, em especial, me irrita mais. Ela ocorre quando você vai, por exemplo, pro meio de uma pista de dança e começa a dançar igual a todos ali, mesmo que aquilo não esteja te divertindo nem um pouco.

Afinal de contas, por que as pessoas dançam? Faz elas parecerem verdadeiros macacos pulando e se contorcendo.

Mas uma criança vê seus pais dançando e começa a fazer o mesmo, mesmo que não veja um motivo para aquilo. Ou um adolescente vê aquilo num seriado e acha que deve fazer o mesmo.

Os playssons são experts na arte de fazer as coisas só por que as pessoas esperam que eles façam, e é por isso que eu os odeio. Qual é o sentido de pegar várias meninas na mesma noite, se a boca de todas é biologicamente a mesma? Tem a mesma língua, se mexendo do mesmo jeito.

Exceto ele.

E o pior – qual o sentido de trair uma namorada simplesmente para beijar outra pessoa? Não há um sentido. Mas os playssons fazem isso por que o ciclo social dele faz e espera que ele faça também. Não somente os playssons, mas a maioria das pessoas (estou exemplificando com os playssons por que a) eu não gosto dos playssons b) eles fazem isso com mais frequência e c) eu realmente não gosto dos playssons) fazem essas estupidezas.

E elas acabam abrindo precedentes para outras pessoas fazerem também. Se você faz, por que não pode a outra fazer o mesmo, se são todos iguais perante os olhos de Deus, do diabo e do Ray Charles?

Conto com vocês para quebrarem este ciclo infinito de estupidez e repassar esses ensinamentos adiante, amigos. Os leitores do Nerd Calculista serão os Gandhi de amanhã. Vida longa e próspera.

Anúncios

74 Responses to “Vocês serão o Gandhi de amanhã!”


  1. 1 feeh 28/01/2011 às 7:10 pm

    primeiro?? hahaha :B
    agora vou ler. com ctz vai estar de mais hehi

  2. 2 Larissa faria 28/01/2011 às 7:13 pm

    Ai, se todas as pessoas babacas que não tem argumentos ou motivos relevantes pra xingamentos pensassem como você…

  3. 3 mary 28/01/2011 às 7:15 pm

    no post do atl eu comentei que nao tinha dinheiro pra ir e que ia dar a bunda na higienópolis, então a alinhação dos astros mudou e uma cagada imensa aconteceu: eu ganhei 2 ingressos pra ir numa promoção.
    foi o destino
    só quis comentar sabe
    porque eu tô feliz e pulando feito louca pela casa
    /momento nao tenho amigos pra comentar isso

  4. 4 camila 28/01/2011 às 7:15 pm

    dá pra perceber que voce ama os playsons, pelo visto hahaha ok, seremos o Ghandi de amanha, ok ok

  5. 5 @xkiiwi 28/01/2011 às 7:15 pm

    Nossa, falou tudo meids 😀

  6. 6 nina22k 28/01/2011 às 7:17 pm

    “E é por isso que eu, um sábio filósofo do século XXT” RSRSRSRSRS XXT n
    adorei o post ❤

  7. 7 Anna 28/01/2011 às 7:23 pm

    Eu acho que podia resumir os três itens num só: SENSO.
    Isso que tá faltando num monte de guri. Falta senso nas pessoas que traem os namorados, nas que odeiam/gostam as coisas só porque isso te trará algum tipo de status. A maioria das pessoas que eu conheço que fazem esse tipo de coisa: trair a namorada, beijar 238974675864 gurias numa festa, chamar fulano de viado porque gosta de um certo estilo musical, todos eles só agem assim porque leram isso em algum lugar e não tiveram senso o suficiente para desenvolver uma opinião sobre isso. Falta opinião própria, capacidade de julgar.

    Fiz uma redação aqui, hahahahaha. Gostei do texto, Almeida. x

  8. 8 Gabriela 28/01/2011 às 7:26 pm

    Concordo, mas não darei uma chance pro Restart porque eles pensam que são Rock..
    De qualquer forma, gostei do texto.

  9. 9 Ana Luiza 28/01/2011 às 7:43 pm

    Mais uma vez matando esses futuros Gandhis de orgulho né Gui? Parabéns pelo poste.

  10. 10 @jessymatsuda 28/01/2011 às 7:43 pm

    uau

  11. 11 Thaís 28/01/2011 às 7:45 pm

    Almeida, eu não posso comer pão de queijo.
    Tenho rejeição à lactose.

  12. 12 Taty 28/01/2011 às 7:45 pm

    Muito bom! HAHAHAHAHA

  13. 13 Thaís 28/01/2011 às 7:46 pm

    intolerância*
    Thaís é idiota… (8)

  14. 14 Thaís 28/01/2011 às 7:46 pm

    ah, e tu errou o último por que de novo…
    PORQUE SEPARADO É PRA PERGUNTA OK

  15. 15 Rafa 28/01/2011 às 8:23 pm

    HAHAHA, adorei

  16. 16 Ge 28/01/2011 às 8:36 pm

    Realmente…. Filósofando com Almeida….rs
    Bjoo t amoo

  17. 17 Iara 28/01/2011 às 8:37 pm

    Gostei dos conceitos morais e to curiosa sobre como terminou onte vc ate chamou ela no msn… XD

  18. 18 Thau 28/01/2011 às 8:58 pm

    Meides…
    comentando sobre a parte de xingar com consciência.achei totalmente excelente, sério,não só porque as coisas que eu gosto também levam xingamentos sem fundamento mas porque eu vejo o quanto que é hipócrita o povo dizer: “não ao preconceito com os homossexuais” e depois usam a opção sexual como ofensa ¬¬’ vai entender….
    é como se um gay esculhambasse o outro de hetero (só que ao contrário ^^ )
    ps.: vc não explicou sobre o fim do namoro

  19. 19 Almeida 28/01/2011 às 10:11 pm

    eu poderia resumir, mas aí eu não teria um texto novo pro blog :/

    mas, realmente, é isso aí. aushsau

  20. 20 Flávia Martins 28/01/2011 às 10:17 pm

    “A única excessão disso tudo são os playssons. Playsson é ruim de qualquer jeito. Todos eles. Todos.”
    Também válido para os moleques zicas do estado de São Paulo.

  21. 21 Maari_xx 28/01/2011 às 10:17 pm

    ta filosofando em parceiro (:

  22. 22 hana 28/01/2011 às 10:20 pm

    o melhor post de todos. falou TUDO.

  23. 23 karina 28/01/2011 às 10:21 pm

    legal o post. playssons realmente encomodam

  24. 24 rafa 28/01/2011 às 10:24 pm

    só acho que eu devia falar que eu to com água na poca e senti cheiro de pão de queijo. culpa sua, almeidinha

  25. 25 @bru_brio 28/01/2011 às 10:30 pm

    eu tenho 13 e qndo a Fresno estorou,eu deveria ter uns 9, com todas essas coisas de ‘emo’ meu pai me disse para não ouvir isso , porque mimimimimi… e qndo eu comecei a me interessar por música foi umas das primeiras bandas que baixei e nunca entendi porque meu pai falava tão mal dos garotos.
    Então daí da para tirar, que as vezes não só os adolescentes que não gostam de um tipo de musica/estilo os rejeitam, tbm vem da sua infância,influências, e a não capacidade de respeitar a inovação…menos com funk, com isso não precisa ter respeito…

    mto legal o texto, e nunca mais coloque fotos de pão de queijo em seus posts okay?
    bj

  26. 26 Sabrina 28/01/2011 às 10:31 pm

    falando sério, esse é um dos seus melhores posts, é tudo verdade (:

    eu vou seguir seus conselhos U_U kkk

  27. 27 Sabrina 28/01/2011 às 10:32 pm

    aa eu quero saber pq tu tá solteiro .-. kkk

  28. 28 ju 28/01/2011 às 10:34 pm

    Curti bastante o post. Playssons, pra mim, são nojentos e pão de queijo deveria ser a oitava maravilha do mundo.

  29. 29 Hellen 28/01/2011 às 10:37 pm

    Admiro seus post’s, você é um dos seres humanos menos hipócritas dos quais já vi (li coisas, enfim). Nós vivemos numa sociedade onde as pessoas tem preguiça de pensar e senso crítico falta, tanto quanto saneamento básico nas favelas. É bom ler algo que venha de alguém que não engoliu críticas de pessoas semi-acéfalas que aceitam tudo o que a mídia empurra, sendo bom ou ruim.

  30. 30 luisa 28/01/2011 às 10:38 pm

    cara, voce é um genio.

  31. 31 Raquel 28/01/2011 às 10:47 pm

    Muuuuuuuuuuuuuuuuuuito bom,quero ser o gandhiiiiii(((heee))))

  32. 32 @Camilittlehere 28/01/2011 às 10:49 pm

    Muito legal o post. Realmente seremos os próximos Gandhis! =D

  33. 33 @laisinthesky 29/01/2011 às 12:28 am

    Achei simplismente horrivel o fato de vcs terem terminado por causa do pai dela ):
    o post tá otimo, adorei msm haha

  34. 34 Lara 29/01/2011 às 12:29 am

    Tá, decidi que depois de dois anos(!) lendo essa porra aqui calada eu vou começar a comentar e foda-se.

    Almeida, você é um gênio. Eu não dei chance pra muitas bandas boas que são minhas preferidas hoje. Tenho muita vergonha de admitir isso publicamente, mas outro foda-se. E sim, eu era uma babaca influenciada pela mídia. Um terceiro foda-se.O que estou tentando dizer, é que hoje amigos, com as graças do nosso senhor Jesus Cristo – eu ouvi um amém? – eu estou curada. Me rendi ao Fresno, que eu não escutava simplesmente porque todo mundo dizia que era banda de emo; dei uma chance à Bring Me The Horizon, que eu não escutava porque todo mundo dizia que era banda de seguidores do Satanás (chuta o Satanás!); e até Restart eu escutei. Vamos combinar que algumas músicas acústicas são escutáveis, porra. Também graças ao senhor bom Deus venci o terrível obstáculo de chamar toda e qualquer pessoa de viado/vadia.
    Então companheiro Almeida, estou com você nessa luta. Um amém pro companheiro Almeida. AMÉM.

    Tá, acho que comentei o suficiente pros dois últimos anos de negligência. Já posso me calar por mais dois anos, quiçá três.

    Brinks. Eu juro que vou tentar comentar sempre.

  35. 35 @caarolets 29/01/2011 às 12:29 am

    Amei o texto, aprendendo a ser uma pessoa melhor com Almeida *-*

  36. 36 Mayra 29/01/2011 às 1:33 am

    Concordo com o item 1, acho ridículo sair xingando qualquer um de viado etc e tal, mesmo porque… Por que “viado” é um xingamento? Quando ao item 2, a minha vida inteira todas as pessoas que eu conheço me mandam tomar refrigerante porque é muito bom e blablabla, mas eu simplesmente não gosto e não tomo e foda-se que o mundo inteiro toma. E o 3, eu acho dançar divertido e quando vou a festas danço do jeito que me diverte, sem ligar para quem está vendo. Sou do tipo que pensa “Se alguém tiver que gostar de mim, vai ter que ser por quem eu sou” e também penso que esotu ali para me divertir, não para ligar pro que os outros pensam, afinal as pessoas hoje em dia estão repletas de mesmices e tentando a cada dia mais ficarem mais iguais umas as outras e eu sou a favor da individualidade, acho que cada um de nós deve ter seus próprios sonhos, metas, ideias e personalidade. Uma pessoa sem personalidade não é pessoa e personalidade é o que a faz única, portanto… Acho que vc acabou de fazer umas 100 pessoas que não pensavam desse jeito e leram isso melhorarem a sua vida, por isso, parabéns!

  37. 37 @debby_cmr 29/01/2011 às 2:25 am

    publica esse post em todos os lugares possiveis ok? serio, todos precisam ler.

  38. 38 Vítor Heringer 29/01/2011 às 2:29 am

    Sim, tudo isso é idiota :/

  39. 39 Thai 29/01/2011 às 2:32 am

    Há muita verdade nesse post, realmente. Gostei. Mais pessoas deveriam ler coisas como essas e assim o mundo (talvez) seria melhor.

  40. 40 Luiza 29/01/2011 às 2:33 am

    Genial, sem mais

  41. 41 Nana 29/01/2011 às 2:40 am

    União Nerd Calculista pela paz mundial.

  42. 42 @henricoimbra 29/01/2011 às 2:40 am

    Post genial, sérião.

  43. 43 Elena 29/01/2011 às 2:42 am

    “se são todos iguais perante os olhos de Deus, do diabo e do Ray Charles?” HAHAHAHA Ri demais da parte do Ray Charles. Concordo com você em tudo, calou a boca de muita gente. 😀 @souzaelena

  44. 44 Sara 29/01/2011 às 2:43 am

    O mundo inteiro deveria ler isso!

  45. 45 Raquel 29/01/2011 às 2:45 am

    Genial, sem mais. +1

  46. 46 @leek4 29/01/2011 às 3:01 am

    adorei a filosofia!
    sempre curti esse lance de ir contra a maioria e tal, haha
    parabéns!

  47. 47 Cecília Maciel 29/01/2011 às 6:19 am

    Fazia um bom tempo que não lia seu blog, MAS PQP ALMEIDA SÓ LENDO ISSO VI QUE VOCÊ É FODA, então. Concordo com tudo que você disse e fico feliz por ver que alguém, no meio de tanta inutilidade, tem um pensamento igual o meu. Como muitos já falaram, post genial. Almeida pela paz mundial. /rimou

  48. 48 carol guerch 29/01/2011 às 4:42 pm

    muito foda seu texto, cara tu é o gandhi ^^

  49. 49 @theppaarrttyy 29/01/2011 às 7:35 pm

    “A única excessão disso tudo são os playssons. Playsson é ruim de qualquer jeito. Todos eles. Todos.”
    Almeida e playssons, um amor eterno HAUHUAH Não que eu discorde, é claro. Porque é exatamente isso.

  50. 50 @usernameidiota 29/01/2011 às 8:07 pm

    Você disse tudo que eu penso.
    Eu sempre discutiu com uns amigos isso, eles diziam que meninos de calça colada era gays, enquanto eu achava eles bem mais bonitos e homens do que esses amigos.
    Outra coisa, eu já fui estúpida um dia. Eu também odiava fresno, pelo simples fato de todos odiarem, então eu estava na escola e ouvi uns amigos cantando “Alguém que te faz sorrir” e perguntei o nome, cheguei e casa e fui baixar e descobri que era Fresno, minha ficha caiu, como eu pude deixar os outros falarem o que era bom para mim.
    Hoje em dia eu ouço sempre antes de falar, eu não gosto do Justin porque eu já ouvi, eu gosto de Restart porque eu já ouvi (levando em conta que eu não curto a banda por várias coisas que eles fizeram em dois anos que eu escuto eles).
    Mano, eu gosto de ti porque eu gosto, porque todo mundo chega em mim e fala: Nossa, ele menino deve ser viado! PLSAPLASPLS
    E o Federico também é legal, eu sempre leio o que ele escreve, faz uns 3 anos que gosto dele. Mas as meninas sempre dizem que também não posso gostar dele porque é colírio, porra, me deixa PLSAPLS

    Esse comentário ficou grande demais.

  51. 51 Mila 29/01/2011 às 8:09 pm

    Caralho, adorei ❤
    Parabéns pelo texto, sério. Concordo totalmente (principalmente sobre os playssons KJEDJWEDJKEDHWE).

  52. 52 Camila 29/01/2011 às 8:46 pm

    HÁ, você falou do Justin Bieber ~palmas~ rs. Parabéns post tá ótimo Guilherme (que top chamar você pelo nome). AA, todos odeiam playssons (e cocotas).

  53. 53 @lets_lets 29/01/2011 às 10:13 pm

    concordo MUITO com tudo.. hahahah você é demais

  54. 54 Camilla Nogueira 29/01/2011 às 10:27 pm

    cara, você disse exatamente o que eu penso (é bem clichê, mas fazer o que?). MUITO BOM! Um dos melhores posts que você já fez. Um dos melhores porque nada supera suas aventuras mundo a fora -qq

  55. 55 isa 29/01/2011 às 10:27 pm

    “Se o mundo intero lhe dissesse que pão de queijo é uma merda, você ignoraria toda a divindade do queijo derretido, do pão tostadinho, da fumaça e do cheiro exuberante e simplesmente diria que pão de queijo é uma merda.” quando eu terminei de ler essa frase minha barriga já tava roncando alto, k. enfim, ótimo post.

  56. 56 Ana Luiza G 30/01/2011 às 12:12 am

    O interessante disso tudo é que esse post é a opinião do Almeida, e se tem gente – muita gente – que concorda com ele, é porque ele exerce uma grande influencia sobre suas leitoras, o que acaba fazendo com que outras pessoas tenham a mesma opinião que ele, e pode ter certeza que se alguem perguntar pra essas pessoas influenciadas se o Justin B. é viado, obviamente vão responder o mesmo que o Almeida disse sobre ele.
    “Todo ser humano tem o seu gosto. Mas, se você está predisposto a não gostar de uma coisa, você não gostará dela mesmo que ela seja do seu gosto. ”
    Essa frase foi a que eu mais gostei do post todo.

  57. 57 @AlineLima12 30/01/2011 às 2:27 am

    concordo mesmo com isso sabe,
    eu preciso conhecer bem as coisas pra falar mal, por exemplo
    hoje eu digo que detesto restart, mas eu passei uma tarde os ouvindo e assistindo vídeos pra dizer que não curti mesmo!!

  58. 58 Ana Bárbara 30/01/2011 às 2:24 pm

    Pois é, né. É bem assim.
    Mas se o mundo inteiro ((ou metade dele)) lesse isso aqui, entenderia bem… ou não, pq né.
    Parabéns, Meids! Ótimo post ;D

  59. 59 @FhaSBS 31/01/2011 às 4:41 pm

    Ou o Justin Bieber, por exemplo. Ele tem voz fina, mas não significa que ele gosta de dar a bunda. O menino simplesmente nasceu com a voz fina, porra. +123456789
    OBGRIGADA ALMEIDA *-*

  60. 60 @ericaiscoollike 31/01/2011 às 4:42 pm

    Eu gosto de dançar, hm.
    Não faço isso porque os outros esperam, faço isso porque acho divertido.
    Concordo com vocês nos três itens.

  61. 61 @FhaSBS 31/01/2011 às 4:47 pm

    Nós seremos o Gandhi de amanhã .
    Mas o ALMEIDA é o Gandhi de hoje.
    perfeito *-*

  62. 62 biikmcr 31/01/2011 às 6:04 pm

    Um dos melhores posts do blog, meids.

  63. 63 Kaique 04/02/2011 às 5:01 am

    Se todos no planeta soubessem desse texto o mundo seria melhor

  64. 64 fmattosa 04/02/2011 às 10:19 pm

    ~MORRENDO~ AHASHAHSHSHSHAHSHAHSHAHSHBSHSHS

  65. 65 fmattosa 04/02/2011 às 10:21 pm

    Ah muito bom o post, e é verdade, por preconceito e por serem maria-vai-com-as-outras as pessoas perdem tanta experiências legais e perdem oportunidade de conhecer tantas coisas..

  66. 66 fmattosa 04/02/2011 às 10:23 pm

    E ah, Almeida, só não concordo com o de dançar.. eu gosto de dançar, não só por meus pais fazerem, ou por ver o mundo inteiro fazendo, eu gosto porque é gostoso, não sei como explicar, mas quando tá tocando uma musica, dependendo dela, é claro, alguma boa de eletronica, por exemplo, e tá aquele escurinho que tem em algumas boates, se eu fechar os meus olhos por alguns segundos, eu só ouço aquela musica, e aquela batida que parece que meu coração tá pulssando juntinho, e dali, sou só eu e a batida.
    Tá, isso pareceu uma descrição escrota de sessão da tarde, mas sério, é isso que eu sinto, eu gosto, eu adoro dançar, pular e rir, até com musica de elevador *-*

    Ah ótimo post Almeida 😀

  67. 67 vick 07/02/2011 às 4:01 pm

    Acho que o 4º deveria ser: querer ser o primeiro a comentar é uma babaquice sem tamanho !

    Ótimo post Almeida.

  68. 68 Nathy-Chan 08/02/2011 às 9:01 pm

    nossa, não tinha lido esse post meids =x
    muito bom mesmo, eu sempre acabo caindo nesse tipo de assunto com as minhas amigas e dando lição de moral no pessoal lá… Ironmeids pensa como eu, que legal =D
    eu não gosto de fresno (nãomemate) eu gostava, enjoei sakas, mas eu gosto das letras =)
    é tão visivel a evolução desse blog quanto… sei lá, a evolução desse blog 😮
    quando eu comecei a ler você falava sobre as suas aventuras e só, agora você vem fazendo criticas e me deixando esperançosa por ainda existirem pessoas com cérebro…
    parabéns mais uma vez pelo blog =)

  69. 69 thamine 10/02/2011 às 3:56 pm

    eu sou uma prova que chamo de viado qualquer um que escute “restart” e afins.
    Mas não tem como eu não fazer isso, é TÃO consolador pq ouvi isso a infância inteira pq gostava de rebelde.
    Não tenho coragem de escutar restart só pelo fato de suas ridículas roupas e ponto.

  70. 70 anaab 17/02/2011 às 4:27 am

    noossa almeida , eu amei esse post *-*
    tá certo mano :/ acho que todo mundo tem que tentar se corrigir , e criar outro ciclo vicioso , só que um ciclo melhor UHUHUHAHUHAUHAUHAUHAUHAUH Q

    vou tentar ser menos preconceituosa com esse povo que escuta funk e porta oakley , tá D:
    UAHUAHHAUUAUAHUHAUHAUHUAHUHAUHAUHAU Q
    beijos :*

  71. 71 ana 03/07/2011 às 12:33 am

    NAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAO FALA DO MEU LEO, PLAYSSON LINDO , SEU IDIOTA -q inveja!

  72. 72 Vivek 10/02/2012 às 2:14 am

    Oi, Mônica, oabrgido! Continue viajando aqui Abraços e se estiver pensando em ir para Aracaju e MSP, vá, pois é satisfação garantida.


  1. 1 Tweets that mention Vocês serão o Gandhi de amanhã! « Nerd Calculista -- Topsy.com Trackback em 28/01/2011 às 7:49 pm
  2. 2 Tweets that mention Vocês serão o Gandhi de amanhã! « Nerd Calculista -- Topsy.com Trackback em 02/02/2011 às 11:08 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 653,835 visitas

%d blogueiros gostam disto: