Gimme head with hair, long beautiful hair.

Antes/Depois

Mais de uma vez que eu fiz questão de enfatizar a semelhança da minha mãe com um chute no meio das bolas escrotais com relação a cortar o cabelo. A mulher não podia ver um fio que queria cortar. Tesoura, máquina, arrancando, gilette, espada. Seja lá com o que fosse, a criatura queria cortar minha pequena crina.

Mas com a chegada dos hormônios e da altura – sou aproximadamente 20 cm maior do que ela – eu finalmente tive rebeldia o bastante pra falar ” Não vou cortar o cabelo e ponto final. Porra.” e depois dar uns socos de esquerda no olho dela pra aprender a não cortar o cabelo de crianças alheias e desprotegidas. Isso foi em outubro do ano passado. Desde então que eu não corto mais a crina. Só vez ou outra as pontas duplas, triplas, quádruplas, sectagésimas e outros números não-específicos e sem importância na meritocracia capilar provenientes das escovas progressivas e das chapinhas que minha mãe me proposia a fazer em troca dos fios em um tamanho decente.

Por que acredite, o cabelo do Jimi Hendrix é – ou era? Afinal, quando voce morre, as bactérias comem seu cabelo também? – mais liso que o meu natural.

Na verdade, o cabelo do Jimi Hendrix era mais liso que o meu. Hoje em dia não é mais. Um dos pontos mais positivos de fazer escova progressiva é que ela apesar de 90% do efeito sair logo na primeira lavagem, os outros 10% ficam e não saem mais. Ela vai alisando o cabelo gradativamente e o deixando inexoravelmente melhor. Quando eu o lavo, não é mais necessário fazer a chapinha ou qualquer outro tipo de alisamento. Só às vezes, por que se ele seca de mau jeito, deus que nos acuda.

Ele já esteve em fases horríveis, onde eu parecia com o Vegeta, do Dragon Ball, que por um acaso eu estou putíssimo pelo fime já ter estreiado há 2 semanas e eu ainda não vi no cinema. A falta de tempo, de namorada, e de amigos sociavelmente abertos dá nisso. Sério, não sei o que acontece com meus amigos. Durante a semana eles estão sempre presentes e desocupados no msn, no fim de semana somem e não aparecem mais, tal como a aranha que tava andando na parede aqui na minha frente e provavelmente vai estar na minha perna em breve. Se vocês virem um cara super gato pulando por aí com teias de aranha, sou eu.

Mas divago. Em retrospecto, valeu a pena deixar a crina tanto tempo sem cortar. Mas cabe aqui uma listinha com vantagens e desvantagens dos dois estilos, para encorajar – porém conscientizar – aqueles que estejam pensando em seguir o duro caminho.

Cabelo pequeno:

1 – Praticidade. Óbvio. Com cabelo pequeno você não precisa pentear, escovar, colocar pro lado, pra cima, pra frente, pra trás, nem porra nenhuma. Nem gel precisa passar no cabelo curto, só você pegar um potinho, cuspir dentro, jogar pasta de dente, água e passar no cabelo. Custa consideravelmente menos, mais natural e faz o mesmo efeito – se não melhor, afinal, branqueia e mata as caries por 24 horas.

2 – Beleza. Com o cabelo “grande”, tem dia que ele amanhece legal, mas tem dia que ele te deixa parecido com o guitarrista do Jacksson Five.

Com o cabelo curto isso não acontece. Afinal, cabelo curto é feio de qualquer jeito. Independente de como ele tenha amanhecido, você ainda vai parecer o meu saco. Falo mesmo.

3 – Lavagem. É imensuravelmente mais fácil de se lavar o cabelo sendo ele curto. O uso de shampoos, condicionadores, reparadores, chapinhas, o caralho a quatro torna-se completamente supérfluo a partir do momento que você pode usar um shampoo da Kerastáse – uma marca onde uma gotinha do shampoo deles deixaria você sem dinheiro pra comer durante 3 meses – ou a receita do item anterior que não vai fazer a menor diferença. No entanto, tudo o que você economizou com shampoo será refletido quando você for cortar o cabelo, que dependendo do seu ritmo de crescimento, pode ser muito mais caro que uma linha inteira da Kerastáse.

Cabelo “grande”:

1 – Mobilidade. Pro lado, pro outro, partido ao meio, pra baixo, pra cima, qualquer coisa que você queira fazer com ele, você consegue. O que não acontece com o cabelo curto, já que você simplesmente não tem nada de diferente pra fazer, afinal, penteá-lo ou não, não faz diferença. No entanto, com o cabelo maior, mantê-lo penteado é uma batalha em que você sempre perde. Se bater um vento ele já está completamente diferente do jeito que você o deixou. E como homem andando com um pente no bolso é coisa de viado, o máximo que voce pode fazer é jogar ele pro lado e ligar o foda-se.

2 – Preferência feminina. 51% das meninas preferem cabelo comprido. Há registros biológicos comprovados que explanam o fato de mulheres gostarem de homens que cuidam da aparência. Provavelmente seja por isso que os índices de lesbianismo têm crescido tanto. E apesar do dito popular dizer que mulher prefere homens que afirmam sua masculinidade com atos retardatários ao país, como beber, pegar várias cocotas da stronda em uma noite – e ainda ganhar de bônus um sapinho – e bater o carro em rachas entre amigos, é mentira. Afinal, já deixei várias vezes claro que quem confia no dito popular vira stronda e ser stronda não é uma coisa muito…

Eu pensei em no mínimo 20 adjetivos irônicos, mas vou deixar sua imaginação correr aí.

3 – Lavagem. Apesar de ser bem mais trabalhoso, lavar o cabelo com ele grande é muito foda. Sentir os fios molhados caindo no rosto é a melhor sensação do mundo. Foda é que depois ele leva 4 horas, no mínimo pra secar. Quer dizer, o meu leva 4 horas, imagino o do Herman Lee.

O lado ruim é que a sensação boa de cabelo molhado acaba quando voce se seca e ele continua molhado. Por que ele grudando na testa é um saco, ele molhando sua camisa é pior ainda, e você não podendo deitar em travesseiros/almofadas sem ficar com cheiro ruim é PIOR ainda.

4 – Caspa. 99,9% dos homens com cabelo comprido tem caspa. É. Uma. Merda. É complicado pra você usar camisa preta, coça para caralho, gruda no óculos e quando cai no olho é a mesma sensação de você ter pingado pimenta com limão misturado ao sal e óleo.

5 – Cabelo comprido é pré-requisito para se fazer um headbang decentemente. Sendo headbang um pré-requisito indispensável pra se ouvir um bom solo de guitarra, você faz muito feio num show tipo o do KISS com cabelo curto. E com cabelo curto você parece um retardado tendo espamos e ainda fica com dor no pescoço.

FÓDO.

6 – Cabelo curto não tem uma música tão foda só pra ela:

FODAFODAFODAFODA, FODAFODA, FODAFODAFODA, FODAFODAFODAFODA, FODAFODA, FODAFODAFODA,AAPASJKEISAJIEAJSIOEJFODAFODA,AEPSKAEPOASKEOFODA,

Anúncios

10 Responses to “Gimme head with hair, long beautiful hair.”


  1. 1 Arcticus 06/05/2009 às 11:00 pm

    DO WANT CABELO GRANDE D:

  2. 2 nicole 06/05/2009 às 11:19 pm

    eurialto GYASGYASGYSGYASGYAGSYASGYYGSA
    eu faço parte do 51% que prefere cabelo comprido. Cabelo curto é tão…previsível. Ninguém vai ver alguém de cabelo curto se perguntando ‘Como meu cabelo vai ficar amanhã quando eu acordar?’ Agora se tiver um cabelo mais comprido… ‘O que eu vou fazer para o meu cabelo não ficar black power amanhã quando eu acordar?’ -esse é a frase que eu mais uso-
    E você me deu razões para manter meu cabelo na altura do ombro

    xx

  3. 3 Almeida 06/05/2009 às 11:33 pm

    @nicole

    nãao! na altura do ombro voce parece aqueles pseudo-cult. :/ Pseudo-culut’s me irritam. :/ Deixe abaixo do ombro, ❤

  4. 4 Nandão 07/05/2009 às 1:59 am

    em pensar que seu cabelo já foi pior que o meu. Mas como eu digo. Eu vou alisar essa porra e ele vai ficar mega fodonico.

    “le já esteve em fases horríveis, onde eu parecia com o Vegeta, do Dragon Ball, que por um acaso eu estou putíssimo pelo fime já ter estreiado há 2 semanas e eu ainda não vi no cinema. A falta de tempo, de namorada, e de amigos sociavelmente abertos dá nisso.”

    Eu já te chamei umas 3 vezes pra ir ver a porra do filme comigo, mas você acha gay, até parece que não tem sua sexualidade muito bem definida u____u

  5. 5 AgaGê 08/05/2009 às 8:14 pm

    “Com o cabelo curto isso não acontece. Afinal, cabelo curto é feio de qualquer jeito”
    Pra resolver esse problema existem um aparato de praticidade semelhante à da maquiagem : o boné!!!

  6. 6 Isa 09/05/2009 às 12:36 am

    Hum, concordo. Cabelo grande é beem melhor,tanto em meninas quanto em meninos (também faço parte dos 51%, apesar de jurar que essa porcetagem foi invenção dos indivíduos cabeludos para se autopromoverem.)

    E só pra constar :

    “Isso foi em outubro do mês passado. Desde então que eu não corto mais a crina.”

    Outubro do mês passado ? bwahahaha

  7. 7 anafreitas1 31/07/2009 às 5:01 pm

    eu uso o Kerastáse ._. HUAHSUAHSUASHA

  8. 8 Maria Clara 16/09/2009 às 7:17 pm

    Bem,nem todos os meninos ficam BEM com cabelos compridos Almeida,mas relaxa,vc fica ÓTIMO assim!Sério.

  9. 9 caco 05/11/2010 às 1:04 am

    E cara faz sentido mesmo eu to no meio deste 51% queria cortar mas depois deste site ja era vou continuar assim é muito loco este geito ne um show de rock mesmo com cabelo curto iria parecer um retardado kkkkk .
    ja com cabelo grande é muito loco falo até mais


  1. 1 Quando a inspiração passa dos limites. « Nerd Calculista Trackback em 18/05/2009 às 7:30 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 655,908 visitas

%d blogueiros gostam disto: