É né, nono ano…

Há pouco tempo atrás, me encontrava entregando nas mãos da coordenadora do segundo andar da escola o dinheiro que seria necessário para que minha pessoa participasse da cerimônia de celebração do término do Ensino Fundamental. Como tem muitos analfabetos e pessoas que mal aprenderam a andar lendo este blog, eu resumo: Paguei minha formatura. É meus queridinhos, o final de 2008 está chegando. Logo mais estaremos festejando o Ano Novo no quarto da minha mãe que acabou de ser acordada por mim com gritos, assistindo à Globo enquanto faz a contagem final com cenas ao vivo de bêbados descerebrados pulando num calor infernal na praia de Copabacana.

E junto com 2008, o final do meu Ensino Fundamental também. Isso significa nada mais, nada menos que gastar um dinheiro fodido com uma festinha boba cheia de coxinha de galinha, Kibe, Guaraná Tódi e um diploma feito nos fundinhos da escola por aquela moça gorda que você sempre vê atrás da cozinha ajoelhada e não sabe o porque dela te lembrar o King Kong depois de dar uma nova pintura na porcelana do matinho.

Poisé, Zé. Titio Almeida vai se formar. E ele vem aqui fazer uns acréscimos finais à esse ano que encerrou sua jornada no Ensino Fundamental. Sérinho. Nono ano é uma merda. Não tô reclamando do nono ano especificamente, mas de todo o pacote que formou o ano de 2008. Eu gostei do ano. Em certos pontos, claro. Comecei o ano com uma menina, fiquei com outra durante as férias e agora namoro uma terceira que é, de longe, a melhor. Não estou desfazendo das outras, mas essa terceira é MUITO boa mesmo. Pelo menos até ela engravidar e começar a ter rugas, daí a parada esquenta. Conheci um grupinho de roqueiros e agora ando com eles quase o tempo todo. Minhas notas foram, sem o menor esforço, uma das melhores da turma e agora, no quarto bimestre tou relaxado em quase todas as matérias.

Apesar disso tudo, o nono ano foi para mim em especial, um ano muito ruim. No oitavo ano eu me apeguei muito a dois amigos. Um deles saiu da escola e o outro começou a namorar. Partindo desse princípio, já dá pra ter uma idéia de que PELO MENOS metade do ano eu não falava com ninguém naquela porra de intervalo. Tive que conviver numa turma onde fica cada vez mais claro que quanto mais hormônios uma pessoa tem, mais patética, ridícula e irritante essa pessoa fica. Um cara acha que já é bom o suficiente para encarar responsabilidades como namoro, exército, bebidas e noitadas sendo que este, não consegue cuidar das responsabilidades de crianças de 10 anos: passar de ano e se vestir adequadamente. É algo DEPRIMENTE ver 4 caras de quinze/dezesseis anos marcando de fazer um CAMPEONATO DE LUTA no BANHEIRO DA ESCOLA durante a educação física. Eles realmente se acham fortes? Sério, vocês se acham fortes? Toma um tiro na bunda e quero ver o quão forte você é, seu merda. Como diria o mestre Gil Brother “Num guenta dez minutos de porrada comigo. Enfia uma dentadura no cu e ri pro caralho.”. Gil brother é deus.

Esses mesmos caras que se acham muito fortes, querem usar de seu corpo para conseguir garotas. Porque com essa mentalidade comparável a de uma criança de 5 anos com síndrome de Down, usando um papo cabeça a menina vai logo perceber que o cara é um retardado, ignorante e machista. Aí que entra o tanquinho.

COM TANQUINHO QUALQUER RETARDADO ARRUMA MULHER.

Sério mesmo. O QUE QUE TEM DE BOM EM TER TANQUINHO? “Ah, os homens gostam de mulheres com bunda grande”, mas bunda pelo menos dá pra apertar e colocar órgãos ali dentro. Barriga não. O que diabos você faz com uma barriga dura? “Ah, o Almeida fala isso porque num tem tanquinho”, mas eu tenho namorada. Vê se quem tem tanquinho tem namorada. Não, não tem.

A mina nunca viu bicho mais feio, peludo e burro, mas abre o orkut dele vê “Penisvaldo StrondassoOOoOhH” e vê uma foto com tanquinho, PEGO! Ta feito. Penisvaldo vai ter uma sessão tântrica de orgias com aquela mina só porque tem tanquinho e ouve bonde da stronda.

Ah, hormônios.

Outra coisa irritante é a rebeldia sem causa. Eu fiquei ligeiramente ofendido quando a professora brincando me chamou de rebelde sem causa. Porra, eu faço o dever, eu vou bem na escola, eu tenho um relacionamento estável e eu vou dormir antes da meia noite. DESDE QUANDO ISSO É REBELDIA?! Nego quer namorar na aula, quer bater punheta na escola, quer pagar puta, quer levar cigarro pra escola, repete de ano e EU QUE SOU O REBELDE? Tudo que eu peço é pra depois de fazer o trabalho você não encher o saco enquanto eu durmo, minha querida.

Poxa vida. Dormir é um ato TÃO importante. Porque os professores crucificam tanto?
Se bem que isso eu não posso reclamar muito. Tem professor que puta que o pariu, você não pode abaixar a cabeça que ele já te dá esporro. Mas a maioria dos professores deixa você dormir numa boa. Pelo menos, é assim comigo. Afinal, contanto que no final do bimestre eu tire 8,5, eles não tem o que falar.

O que eles crucificam sem motivo é o uso do MP3. Nego fala, pula, corre, se espanca, tudo isso sem fazer o dever. Eu, menino tão bem apessoado, com o dever feitinho, certinho, sentado num canto, quieto não posso ouvir MP3 porque?

PORRA, ouvir música não tira tanto a atenção quanto berrar, correr, pular e se espancar. Eu to queto e com o dever feito, vá tirar os fones de ouvido da puta que te pariu.

Para os leitores mais inferiores que estão cursando o oitavo ano, se preparem: Matemática é mais fácil do que no oitavo ano, mas também é fodido. Geografia é ridículo, basicamente não tem matéria. Empurre com a barriga. História é PERFEITO. Melhor ano de história é o nono ano. Primeira guerra, segunda guerra, guerra fria, queda da bolsa e ditadura militar no Brasil. Puta merda, tenho orgasmos só de pensar. Português é uma merda. Mas português SEMPRE é e sempre vai ser uma merda. E não to lembrando as outras matérias, então foda-se vocês. Tenho que estudar pra Espanhol, que esse ano ta fodendo a turma toda.

Anúncios

19 Responses to “É né, nono ano…”


  1. 1 Matheus Alonso 16/10/2008 às 5:53 pm

    Tempestade em copo d’agua.

    E cade o Alonsinho nessa história?

  2. 2 Almeida 16/10/2008 às 7:31 pm

    @Alonso

    Alonsinho? Nunca ouvi falar. 😡

  3. 3 Pedro 17/10/2008 às 2:04 am

    /euri do post D:

    8ª série (ainda não engoli essa de 9º ano ok) foi muito boa também D:
    Apesar de que eu gostei de português e acho espanhol ridículo, lol
    O chato é que quando vc entra no ensino médio repetem tuuudo de novo em História. Aí vem aquela merda de período colonial :/
    No 3º ano que fica bom ❤
    Mas eu gostei mais do 2º, lololololol

    Enfim, concordei com tudo que vc disse sobre esses lesks D:
    Antigamente eu tinha muita raiva deles, mas hoje em dia nem tanto, até pq parei de frequentar os mesmos locais que eles

    Pra não ficar no anonimato toda vez que comento aqui: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=3582119231727150199

  4. 4 ; tally 17/10/2008 às 3:52 am

    cacete, fazem seis anos que eu terminei o “ginásio”. na minha época nem se falava nessa coisa de nono ano. quando começaram a ameaçar criar mais um ano de colégio eu já tava quase terminando o ensino médio. (Y)

  5. 5 Matheus Alonso 17/10/2008 às 4:55 pm

    Cadê então o Alonso nessa história?

  6. 6 Almeida 17/10/2008 às 5:02 pm

    @Pedro

    Eu também não frequento os mesmos lugares que eles. Mas eu tenho que estudar na mesma sala, usar a mesma quadra e o mesmo banheiro que eles durante o período escolar. 😦

    @tally

    POOTA MELDA. tu tem quantos anos? O.O
    Pessoal véio lendo meu blog (L.
    Sem ofensas, rs.

  7. 7 Fernanda Adler 17/10/2008 às 6:24 pm

    nono ano é brinquedo… sente o terceiro e a ideia de prestar vestiba xD

  8. 8 Fernanda Adler 17/10/2008 às 6:27 pm

    Só pra dizer que eu realmente adoro seu blog

  9. 9 Almeida 17/10/2008 às 7:58 pm

    Pessoas mais velhas lendo meu blog. :’)

  10. 10 Aline 19/10/2008 às 1:17 am

    Português é uma merda. Mas português SEMPRE é e sempre vai ser uma merda. –

    Eu estou fazendo o 7o (considere que já estou no 8o.); e já acho isso uma m***, ao menos tem mais alguém que concorda comigo….

    Matemática é mais fácil do que no oitavo ano –

    Olha, eu já me estourei umas 5 vezes nesse ano, o comentário não assusta….

    Geografia é ridículo, basicamente não tem matéria-

    WEEEEEE! Tia Coxinha ouviu minhas preces!!!!

    História é PERFEITO.-

    Aaaah. Isso eu passo até se eu dormisse na aula….

    Espanhol, que esse ano ta f****** a turma toda.-

    Espanhol é tão difícil assim? Aqui a galera faz da sala uma Palestina e ninguém se **** por isso…

  11. 11 Almeida 19/10/2008 às 1:37 am

    @Aline
    menine, fale mais palavrões.

    Matemática é um problema. Porque ano passado a professora teve bebê, dai o professor substituto tinha acabado de se formar professor e foi uma coisa deprimente.

    Geografia a professora era uma gorda fedapoota que fodia todo mundo. Ela saiu da escola, agora é uma gorda chata que dá as respostas da prova um dia antes USAHUASHUASHSU é manerão :’)

    História é só você gostar que você vai bem 🙂

  12. 12 Almeida 19/10/2008 às 1:38 am

    @Aline

    e espanhol é que tipo;
    a professora sempre deu tudo ridiculamente fácil. Agora no nono ano, mudou o professor e ele quer cobrar o que a gente tinha que ter aprendido nos outros anos. Mas ninguém sabe nada. 😛

  13. 13 Weslly 19/10/2008 às 8:00 pm

    Eu nunca tive espanhol na escola e no meu tempo não tinha nono ano 😀

  14. 14 samara 10/01/2009 às 12:17 am

    Amigo,
    estou no terceiro ano… e deixa eu te falar uma coisa, apesar de nerd calculista, voce e burro e hipócrita!
    Sempre fui otima nas aulas, assim como vc diz que é, porém, além de as suas tarefas nao serem favores, elas são sua obrigação, ou seja não ache que vc esta fazendo o favor de tirar notas a partir de 7, isso nao o faz nerd, voce é um aluno da rede pública, que comparado a um colégio particular e MERDA! vc ia ter que ralar, e nao haveria intervalo para MP3, então, se voce acha que está bem pra calho.. ta fudido, por que quando voce souber o que é fazer uma prova militar por exemplo, ou um pré-vestibular, tu vai se cagar, e se voce der mole, vai ser considerado da mesma forma que considera seus colegas de classe, que só podem ser visto como pessoas sem perspectiva de futuro.. para eles é: AFINAL, PRA QUE ESTUDAR?”. ELES NAO SABEM ONDE QUEREM IR MESMO!!
    E vc ja sabe onde quer chegar com o post do blog???

  15. 15 Almeida 10/01/2009 às 1:17 pm

    @Samara

    De onde você tirou que eu sou da rede pública?
    Minha escola tá entre as mais difíceis do Rio de Janeiro, é uma das mais puxadas com altos níveis de reprovação. E se eu tirasse 7 eu ficava calado, a questão é que eu já praticamente passei de ano no terceiro bimestre.
    Eu sei o que é fazer prova militar, e dentre as pessoas da minha escola, eu tive a melhor nota. Enquanto eles tiraram 70 eu tirei 95.

  16. 16 jess e thiago 12/01/2009 às 2:03 pm

    @Samara

    Somos da rede pública e não temos perspectiva de futuro. :*

  17. 17 11/07/2010 às 1:09 am

    volta pro filme samara, vsf

  18. 18 milton 11/02/2012 às 8:05 pm

    e cadê o alonso nessa historia

  19. 19 milton 11/02/2012 às 8:06 pm

    almeida tu escreve bem


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 653,874 visitas

%d blogueiros gostam disto: