Migração e problemas na live-action

[Edit] Esse texto foi feito dia 10, enquanto ainda era “Ironia Concisa e Hermética”, agora é “Nerd & Calculista”, então … é isso aí.

A muito tempo que eu me encontrava insatisfeito com o link, nome, layout e TUDO do blog. Acho que deu pra perceber isso no post sobre mudanças.

Então, here I am.

Ainda insatisfeito com o layout e em dúvida se escolhi o nome certo.

Fiquei em dúvida entre “Frio e calculista” ou “Ironia concisa e hermética”. Mas como eu não sou frio, imaginei comentários ofensivos de noobs intrometidos via-msn dizendo que eu estava me iludindo, ou coisas do tipo. Teria preguiça de explicar para os mesmos isso que estou explicando nesse momento para você, “leitor”, e depois de muito tempo ignorando a criatura, mandaria tomar lá dentro. Ao mesmo tempo, “Ironia Concisa e Hermética” faz esses mesmos noobs acharem que tenho um vocabulário complexo, pois convenhamos, cês já viram um pivete de 13 anos com um vocabulário tinindo desses?

Não? Nem eu.

Quer dizer, eu vi quando me olhei no espelho, mas não sei se devo me considerar pivete ainda, já que há vestígios de barba perdidos entre minhas espinhas e marcas de mordida na bochecha – sério, uma garota me deu uma mordida às 18:00, são 19:51 exatamente e esta porra ainda tá vermelha. MUITO vermelha.

****

Apesar do que vocês vêem aqui, um menino simpático e um tanto quanto … abobado, no modo live-action da vida, o pequeno Almeida é uma criança isolada, quieta e não muito popular.

Tá um cheiro de peido aqui. Meu deus. Juro que não fui eu.

Ok, voltando.

Eu freqüento um curso preparatório desde 15 de janeiro, e só ontem, 9 de setembro que consegui me enturmar.
Se eu dissesse que já esperava por isso vocês acreditam?


Imagine eu, um menino de classe social média-baixa, um tanto quanto nerd, no meio de pessoas de … deixa eu ver como posso dizer: Pobres, sem cultura, sem conhecimento, sem nada.

Isso não é uma ofensa. Não tenho nada contra os pobres, nada contra as pessoas de baixa renda que não adicionam muito ao IDH brasileiro muito menos ao nível de alfabetismo. Existe nível de alfabetismo? Deveria existir, se existe de analfabetismo. Humpft.

Mas eu meio que me sinto perdido lá. As pessoas não sabem fazer multiplicação com X na OITAVA SÉRIE (nono ano). Sério. Imagine você, nerd, roqueiro, sentado num canto obscuro de uma sala cheia de funkeiros surfistas strondas e, na grande maioria, que possuem “contatos” na boca. Tá, a parte da boca foi mentira.


Eu vivi esse dilema durante MUITO tempo. Isso é um dilema? Não, acho que isso não pode ser considerado um dilema. Anyway, eu vivi esse PROBLEMA durante muito tempo.

Até que mais recentemente, entrou uma galerinha roqueira na sala. Titio Almeida, sempre muito amigável, levou 3 semanas pra descobrir o nome do cara e mais uma semana pra descobrir que era roqueiro.

Depois de um mês de “relacionamento”, ele me apresentou a pessoas ANTIGAS do curso. Graças a um novato, fiz amizades com pessoas antigas. Isso é algo realmente perturbador.

Ok, agora tenho miguxinhos. Passo os 2 primeiros tempos conversando e os 2 últimos – quando não fujo do curso e tiro o resto da tarde de folga – dormindo.

E sabe qual é o melhor? Fiquei entre os 10 melhores do curso. Sem fazer mais da metade dos trabalhos e sem estudar pro único teste que teve.

To dizendo que os caras não sabem nem multiplicar por x.

Anúncios

4 Responses to “Migração e problemas na live-action”


  1. 1 João Vitor 10/09/2008 às 11:31 pm

    boa sorte com novo-velho blog.
    E lembre-se. Internet, serious business.

    Primeirão do blog 😀

  2. 2 Pedro 11/09/2008 às 4:43 pm

    Quando eu fiz um curso desses o pessoal era mais ou menos assim, apesar de aparentarem possuir mais dinheiro. O sonho deles era passar pra faetec. E só uns 3 passaram, lol

  3. 3 Almeida 11/09/2008 às 4:47 pm

    @Pedro

    Pô cara, os nego aqui querem passar pra colégio Naval/Militar, sendo que não passam nem pra pedreiro.

    FAETEC é uma das mais fáceis.

  4. 4 Stanley 11/09/2008 às 9:52 pm

    huahuahuahu Que bom que deu tudo certo. Sobre sua escrita, de fato, para quem tem apenas 13 anos, você escreve muito bem! Convido-lhe a acessar o Antologia Racional: http://www.antologiaracional.com Ah, parabéns por ter ficado entre os 10 mais!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 654,601 visitas

%d blogueiros gostam disto: