Mudanças …

Não sei como as pessoas conseguem viver numa rotina. Eu sempre quero mudar as coisas, mudar as aparências, os penteados, as comidas, mudar a porra toda.

Hoje eu andei olhando alguns blogs para ver se caia uma semente de inspiração do céu, e adivinhem… Não caiu. Mas me fez pensar …

Sério, meu blog é uma verdadeira merda. Coisa deprimente isso, cara.

Eu escrevo mal pra caramba, o layout é deprimente. A única coisa que prestava aqui eram alguns textos, que o povo dizia que gostava. Agora nem isso. Os caras que riem do vento não riem mais do blog.

Já pensei em me trancar no quarto ouvindo Simple Plan, chorar durante 3 dias e cortar os pulsos, mas isso não me pareceu uma boa idéia, já que não dá pra trancar a porta do meu quarto e em 5 minutos minha mãe ia usar o detector de coisas erradas dela e perceber que eu peguei a gilete …

Já pensei em por um layout decente pra ver se assim eu me inspirava a escrever bem novamente – se é que algum dia eu já escrevi bem -, mas isso não vai ocorrer, porque pra trocar layout no wordpress tem que pagar, eu não tenho dinheiro para pagar. Não vou transferir o blog pro Blogger a menos que me apresentem prontamente um layout decente em html – coisa que todos sabemos que não vai acontecer.

Já pensei em fechar o blog, coisa que também não vai acontecer. A partir do momento em que você não se sente mais na obrigação de manter o blog atualizado todo dia, você meio que esquece que tem um blog, o menospreza. Bons tempos os que eu matava e morria pra postar quando ele estava a 2 dias desatualizado.

Como vocês podem ver, eu pensei muito. Não se acostumem, eu não faço isso com freqüência. Talvez seja por isso que eu não cheguei a conclusão nenhuma. Vou continuar com o mesmo layout, o mesmo blog e os mesmos textos.

É, acho que todos podemos nos contentar com isso, né?

né?

Então, no início desse post eu pretendia falar sobre mudanças, mas acabei deixando meu lado emo dominar a parada e ficou esta merda. Vamos começar a falar sobre mudanças …

Quem é obrigado a conviver comigo ou a pelo menos olhar pra minha cara espinhenta todo santo dia, já deve ter percebido que todo dia tou com um penteado novo. Dependendo do MEU humor, eu penteio ou não o cabelo. Dependendo do humor do cabelo, eu penteio ele de um jeito ou de outro.

Se ele estiver de bom humor, fico com franjinha emo e sou xingado por metade da escola. Se ele estiver de mal humor, fico com um penacho na cabeça e a escola inteira me zoa. Resumindo, eu odeio meu cabelo.

Monotonia na cozinha também é algo profundamente irritante.

Tem aproximadamente uns 3 meses que minha mãe faz o MESMO bife TODO santo domingo. Sabe, no primeiro domingo é uma boa, você o come, fica todo feliz e ignora o cheiro horrível que aquele troço exala.

No segundo domingo você fala que tua mãe se superou e que quer que ela o faça de novo.

No terceiro domingo já tá ficando enjoativo, você tava esperando que ela fizesse outra coisa pra quebrar a monotonia.

No quarto domingo você já come obrigado aquela gororoba, o cheiro que aquela porra tem deixa você enjoado e sem fome, e o queijo derretido parece ficar mais esverdeado a cada segundo.

No décimo segundo domingo, você já está acostumado, continua comendo-o, pega pedaços pequenos e coloca cada grão de arroz num pedestal.

Graças a deus que é só no domingo.

Em relação às roupas eu não sou muito eclético. Preto.

Não que eu use SÓ preto, já tirei uma foto do meu guarda roupa, a cada 3 camisas pretas tem uma bege. Mas usar preto é tãão mais fácil. Você não precisa escolher, só … coloca a camisa.

Preto não mancha de ketchup, nem de graxa e quando um retardado joga guaraná em você nem se percebe. Agora sai de branco para ver a selva que é o mundo live-action.

Primeiro, tem o afonfo escrevendo “Gay :D” na minha camisa. Acho que foi isso que ele escreveu, a letra daquela criatura é ilegível. E o pior é que o retardado escreveu de caneta. DE CANETA!

Depois, no intervalo, as pessoas se sentem na obrigação de jogar coisas em você. Quando tu tá de preto, meio que forma uma aura negra, as pessoas não chegam perto de você, se sentem amedrontadas. Mas quando você tá de branco, elas se sentem na OBRIGAÇÃO de jogar coisas em você. Essa é mais uma lei que eu devo listar bem claramente no livro de leis da improbabilidade, que um dia eu ainda hei de fazer e me tornarei um grande físico com apenas 14 anos e um 6 em física. Movimento retilíneo nada, vamos estudar as leis da improbabilidade!

E agora falando sério…

Como vocês conseguem ficar com a mesma foto no msn TODO santo dia durante anos?

Eu não consigo. Sério, começo a enjoar daquela porra depois de umas duas semanas. Ela me persegue, começo a ver a péssima qualidade dela, começo a perceber que não sou tão bonito e que se eu tirasse uma foto nesse instante ficaria bem melhor, apesar deu ainda não ser bonito. Começo a ver que meu cabelo tá bem mais legal agora, que antes ele estava curto porque ainda tava sobre o regime ditatorial da minha mãe de cortar o cabelo uma vez por mês, e que agora com ele todo na cara ficaria bem mais legal pra por no msn.

Anyway, tenho que ir pro curso …

E eu vou de preto.

Anúncios

5 Responses to “Mudanças …”


  1. 1 Matheus Alonso 29/08/2008 às 5:07 pm

    De caneta é mais gostoso.

    E teu blog tá bom ainda cara, mas, não posso negar que, a era de ouro do DIFY foi a de fevereiro-abril.

  2. 2 fmm940 29/08/2008 às 7:58 pm

    Sim, ta uma droga. Principalmente essa fonte ridícula que tu passou a usar.
    õ/

  3. 3 Almeida 31/08/2008 às 12:49 pm

    Acéfalo, o problema é no teu pc, não na minha fonte.
    Mudei nada …


  1. 1 Migração e problemas na live-action « Ironia Concisa e Hermética Trackback em 10/09/2008 às 11:20 pm
  2. 2 Nunca tenha expectativas … « Nerd Calculista Trackback em 14/09/2008 às 3:19 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 654,601 visitas

%d blogueiros gostam disto: