Hancock e crises pessoais …

Admito, estou tendo conflitos pessoais com o blog. É triste admitir, mas sem o post da Miley Cyrus essa porra não recebe nem 50 visitas diárias. É MUITO triste. Eu não escrevo o blog pra receber visitas, mas ainda assim, é bom recebê-las. Veja pelo meu ponto de vista, você tá sempre escrevendo em algum lugar sabendo que meia-dúzia de pessoas que você conhece vão ler. Mas aí vem um estranho e fala “pô cara, muito foda teu blog”. Cara, é gratificante. Quando eu faço um post novo e vejo que as pessoas clicam nele, por mais que sejam só umas 30 pessoas, porra, é ótimo. Por isso, quero que vocês saibam que apesar de eu mandar vocês se fuderem, se corroer e tomar no olho do teu respectivo ânus, eu os amo, tá?

Campanha: O Almeida Me Ama, então vou pôr essa imagem no final dos meus posts para ele ganhar visitas!

Não sou bom para dar nomes a campanhas, mas enfim, participem!

Então, agora começa o post de verdade.

Hoje à noite eu fui assistir Hancock no cinema. Fica a dica:

Não tem nada melhor do que comer um hambúrguer com milkshake e deitar na escada do cinema.

Ok, já vou avisando que não tenho paciência pra escrever resenhas decentes, mas vou me esforçar.

O Hancock(Will Smith, você sabe …) é um projeto de super-herói mais pra mendigo do que pra super-herói. Quando ele salva a vida de um cara – destrói o carro dele, mas salva a vida da criatura – o cara começa a ajudar ele a se tornar um “verdadeiro super-herói”, digamos assim.

Hancock: êta mulé boa!
Homi: Por isso que eu me casei, rapá.
Hancock: Safadiiinho, tocaí õ/
Homi:

Hancock: Sente meu bafo de Colgate Triplação, rapá!

Esse cara é casado com uma loira super gostosa, que não vai nem um pouco com a cara do Han – sou simpático, dei um apelido pro cara, Hancock é muito grande – e tem um filho molestado pelos amiguinhos da rua.

Hancock: Oi amiguinho, quer ir pra Terra do Nunca comigo? Eu te dou um picolé.

Hancock: Oi amiguinho, quer dormir agarradinho com o Han? Vem, me dá um beijinho …

Assistir durante uma hora e meia o cara destruindo coisas e colocando cabeças na bunda dos outros, pra mim, foi uma diversão e tanto, muito mais porque sempre havia uma piadinha tosca entre uma cena de ação e outra.

Hancock: Oi gato, quer ir tomar um cházinho?

Hancock: Me joga na parede e me chama de lagartixa.

E como em todo bom cinema, havia pessoas lá. Pessoas pra tirarem a graça do filme. Pessoas jovens.

No meio dos comerciais iniciais, algum retardado fez questão de chamar atenção e gritar “LDU”. Provavelmente, mais um flamenguista viado que ainda não aceitou ter perdido a aposta de dividir seu furico com os outros caso o Flamengo não fosse pra libertadores. Aquele merdinha … E o pior, AS PESSOAS RIRAM.

Será que eu estou perdido em alguma dimensão paralela onde não há a menor graça em gritar o nome de um time do Equador no meio do cinema? Porra, É UM NOME! É a mesma coisa que eu chegar no cinema e gritar “João!”. Ninguém ia rir. Mas pela inveja do Fluminense que leva as pessoas a torcer para um país que não é o Brasil fala mais alto nos hormônios retardatários dos seres humanos, e por isso, há um resquício de graça. Meu deus, se você realmente existe, salve essa alma e a jogue direto no inferno. Valeu!

Na fase emo do Han, ele leva um tiro de decide sangrar sangue. Isso mesmo, ele sangra sangue. Uma alma penada no cinema decidiu tornar público o comentário “NOOOOOOOOSSA, ELE TÁ SANGRANDO SANGUE!”. Meu irmão, sempre muito simpático, “Não, sua retardada, não tá vendo que ele tá sangrando água?!”. Nesses momentos eu amo meu irmão … também, SÓ nesses momentos. E quando ele me trás bala.

Resumindo, filme bom.

Ver no cinema? Só se tiver com uma mulher muito gostosa do lado.

Alugar o DVD? Só se tu tiver com dinheiro sobrando.

Ver à tarde na TNT? Claro, até duas vezes.

Anúncios

6 Responses to “Hancock e crises pessoais …”


  1. 1 robson 10/07/2008 às 1:27 am

    Ctrl+C/V
    “pô cara, muito foda teu blog”.

  2. 2 robson 10/07/2008 às 1:27 am

    “pô cara, muito foda teu blog”.

  3. 3 robson 10/07/2008 às 1:28 am

    ???

    o comentário ta funfando ai?
    *acho que vou floodar isso aqui ein

  4. 4 Almeida 10/07/2008 às 1:45 am

    Calma, menino afobado USHUASHASUAS tem que esperar um tempinho até eu aprovar o comentário. Esse sistema do wordpress é um cu.

  5. 5 A. 06/09/2009 às 6:02 pm

    Oque tem contra os flamenguistas, amoor?
    :@


  1. 1 Tristan Trackback em 22/05/2014 às 5:44 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 652,575 visitas

%d blogueiros gostam disto: