Banheiros …

Sexta feira, de inicio uma como qualquer outra. A única diferença foi um certo comentário do Ozama sobre ele ter procurado pelas partes íntimas femininas no dicionário, mas tudo bem, ele é uma criança na puberdade, não tem nada mais normal – tem sim, mas deixa o moleque, ele é doente, porra.

Meio-dia, estávamos eu e mais três amigos vagabundeando pela escola, como todo bom vagabundo vagabundeia, quando de repente me aparece duas meninas com uma câmera digital induzido-nos a ir ao banheiro com elas tirar umas fotos. Só que, não se vocês sabem, mas meninas não podem entrar no banheiro masculino. Regrinha tosca, né?

 

 

Então, elas quebraram essa regra, e entraram conosco no banheiro masculino.

Sabe aquelas fotos que todo jovem retardado adora tirar, fingindo que está aliviando – sem arriar as calças, que fiquei claro -, ou fingindo ser uma bicha louca gamada pelos amigos? Então, foi esse tipo de foto que nós tiramos.

Talvez por ver corpos esculturais – HÁ! – de diversos homens no banheiro, as meninas ficaram excêntricas e começaram a ter crises de riso. Crises de riso altas. MUITO altas.

De onde eu venho, não é muito comum ter mulheres rindo no banheiro masculino. De onde a diretora vem também num é, pelo visto.

Diretora, inspetor e irmã no banheiro. Todo mundo escondido nos chuveiros. Ficou meio estranho, eu e Ozama no mesmo box tendo uma crise de riso, mas eu confio no meu taco, se ele vem com a mão boba eu do uma mão certeira na cara dele.

A diretora abriu porta por porta até encontrar todos. Odeio dizer isso, mas o Kevin, o retardado, foi o único esperto. Ele realmente ‘aliviou’. Dai se safou, porque poxa, banheiro é pra isso, né?

As duas garotas foram pra diretoria e nós, homens, machos alfa, seres balançantes, nem recebemos atenção da diretora.

Não tendo certeza se isso era bom ou ruim, nos camuflamos rapidamente na quadra, fingindo sermos mais um desses jogadores mongolóides de futebol.

De repente me aparece as duas garotas caindo no chão de chorar – literalmente, uma delas arranhou o joelho todo, decidiu cair no chão logo onde o piso é áspero.

Qualquer um em sã consciência perguntaria ‘o que aconteceu?!’, mas nós, homens, machos alfa, seres balançantes, perguntamos ‘agente tá fudido?’.

 

Pelo que me parece, o pai das duas foi chamado na escola, e uma delas vai sair da escola.

E nós, homens, machos alfa, seres balançantes, nem advertência levamos. Mas porque? Ahá! Porque somos machos alfa, meu querido leitor.

 

O que acontece é que nós estávamos no banheiro certo, aliviando, e elas entraram de paparazzi para ver nossos balançantes.

 

A questão, é que a irmã viu a foto em que nós fingimos nos ‘aliviar’, e decidiu ampliar e imprimir a foto, para ver se nós realmente nos aliviamos, abaixando as calças e tudo o mais.

Eu não arriei, graças a deus, mas se meus amigos retardados o fizeram, acho que vou ficar um tempinho sem poder atualizar o blog, se é que vocês me entendem.

 

To sentindo que a namorida vai odiar esse post.

AH! E só para acabar com as especulações. Namorimento é diferente de namoro. Namorimento é o resultado de anos de conversa sem nexo e falta de assunto, namoro é uma coisa meio diferente.

Anúncios

1 Response to “Banheiros …”


  1. 1 Beez 20/05/2010 às 12:20 am

    Não acredito que esse texto não tem nenhum comentario D:
    Um viva aos machos alfas, seres balançantes


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 652,756 visitas

%d blogueiros gostam disto: