Jumping Without Look

Caralho, tempão sem postar …

 

Começou a temporada de caça no curso! Ahááá!

Depois de 2 professores terem sido literalmente EXPULSOS da sala pelos alunos, o diretor foi chamado EM CASA para ter aquela “conversinha” – que todos sabemos que não é só uma conversinha – com a turma. A questão é que o cara separou a turma. Os bons alunos e os maus alunos. Depois separou os bons alunos e os ótimos alunos. Somente os ótimos alunos não tinham lugar marcado. Eu era um deles, muahaha!

 

Então, ele separou a turma, marcou os lugares dos “bons” e dos “maus” alunos, deixou eu e mais meia-dúzia de pessoas – lembrando que a turma tem mais de 90 cabeças – sentar onde quiser e fez uma eleição para representante. Duas meninas dois meninos. Eu fui indicado.

Todo mundo que foi indicado ia lá na frente e fala aquelas frases toscas clichê, aquela palhaçada que escutam o professor falando e querem repetir para parecerem maduros “Tipo, vamos ser bons alunos … Tipo, agente precisa, porque tipo, é nossa prova e tipo, agente tem que passar, tá ligado?!”. Eu chego lá e simplesmente falo “Porra gente, se vocês num querem prestar atenção num vem pra aula, ninguém te quer aqui, mas num avacalha nós que “queremos” – eu fiz aspas com os dedinhos – aprender. Eu também num tenho vontade de vir pra aula as vezes, dai eu po … num venho! Agora para com essa palhaçada e deixa eu conseguir minha carteirinha de estudante técnico.”.

Todo mundo de boca aberta. Menos uma garota que não sei porque mas insistia em rir da minha cara …

Acabou que eu não fui representante, porque o cara do “tipo” tinha mais amiguinhos toscos do que eu, e conseguiu mas votinhos nem um pouco comprados – Mentira!.

Se bem que pelo que eu soube ele tomou esporro do diretor de química e perdeu o cargo, haha, bobão.

 

[edit]Bem, tudo que vocês leram acima foi escrito na segunda, agora, quarta, depois de ir no curso e obter informações preciosas eu vo terminar esse texto.

 

Então, intrigas é o que não falta. Teve porradaria, teve expulsão e teve gente perdendo o cargo de representante, huhuhu – risada maléfica.

É, os detalhes não lhes interessa, então … xau.

Anúncios

0 Responses to “Jumping Without Look”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Atualmente:

Música: Canção da Noite
Banda: Fresno
Livro: Sherlock Holmes
Série:
How I Met Your Mother

Destaques

Um rolê em Madureira: 918 e 919 nunca tiveram uma diferença tão grande na minha vida. Essa diferença somado com a insano desejo do destino de me foder, causou uma peripécia de tremer as cuecas.

Ensino Médio deturpando sonhos:

Apesar do Ensino Médio ser repleto de conhecimentos babacas os quais nunca terão a menor utilidade em nossas vidas, ele pode desmentir algumas informações as quais fizeram você acreditar ser verdade por toda sua vida.

Adão era digno de respeito: Além de não precisar usar cuecas e dar a primeira bimbada da história, Adão ainda não precisa viver momentos constrangedores pelo fato de existir outras pessoas no mundo. Porque falamos tanto de Jesus tendo um herói bíblico desses?



Para ler mais dos textos menos piores do blog, clique aqui.

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Gostou de um texto?

Mande para o Uêba

Ou pro LinkLog

Ou pro Ocioso.

  • 652,575 visitas

%d blogueiros gostam disto: